Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
29 maio 2018

Belo Horizonte recebe contadores de histórias do Brasil e do mundo

candeia divulgação

O II Encontro Internacional de Narração Artística é uma oportunidade, por meio da tradição oral, de valorizar e promover a escuta e a palavra. São cinco dias e cinco noites de uma programação intensa e gratuita – para todas as idades. As apresentações terão interpretação de Libras.

Os narradores orais estão presentes no imaginário de inúmeras gerações ao longo da História. Em sua 2ª edição, a CANDEIA, que colocou Belo Horizonte no circuito internacional dos festivais de narração de histórias, terá a presença de artistas do Brasil e de Camarões. O evento é promovido pelo Instituto Cultural Abrapalavra e acontecerá será nos próximos dias – de 13 a 17, no Sesc Palladium (Grande Teatro, Teatro de Bolso, Espaço Multiuso, Rancho da Cultura, Biblioteca Infantil e Juvenil de Belo Horizonte, além de bate-papo com alunos da UFMG e do CEFET.

Nesta edição, uma das principais propostas é trazer para o público temas que ajudem a refletir sobre a narração de histórias como linguagem artística. Serão sete espetáculos, duas oficinas, três rodas de debate, uma palestra e diversas intervenções artísticas. Com a presença de narradores e pesquisadores, a valorização da arte e do ofício do contar histórias, a formação de público, a descentralização e a acessibilidade têm sido os pilares do Encontro.

Com atrações para o público de todas as idades, a Candeia traz, em sua abertura, o narrador camaronês Boniface Ofogo. Boniface é um griot de tradição milenar e estará pela primeira vez em Belo Horizonte. Para abrir sua apresentação, o público vai assistir uma performance literária do músico mineiro Sérgio Pererê. Outras atividades de destaque são as oficinas, com Boniface Ofogo e também o brasileiro Giuliano Tierno. Eles vão trabalhar a narração por diversas perspectivas: desde o tradicional até o urbano. Famílias e crianças também têm espaço especial na programação. No sábado, o evento recebe a narradora Emilie Andrade, de São Paulo, às 18horas – trazendo contos que ela recolheu em diversas partes do mundo. Ainda no sábado, a Candeia terá a participação dos Contadores da Vila, abrindo uma conversa com o reconhecido escritor Ricardo Azevedo. Para aquecer os ouvidos nas noites mais frias, há uma vasta programação com Regina Machado e Gabriel Levy (SP), Josiane Geroldi (SC), Rosana Montalvernne (MG) e Júlia Grillo (RJ). No último dia, a Candeia será palco do lançamento do CD Coletivo Narradores, formado por 12 contadores de histórias de Belo Horizonte. E ainda, para quem quiser conversar e refletir sobre esta arte que atravessa o tempo, o Encontro traz discussões durante à tarde no Sesc Palladium e outros debates na UFMG e no CEFET. Para finalizar, no domingo, quem recebe a chama da Candeia é o espaço rural Rancho da Cultura, em Pompéu, Sabará. Em um palco aberto, todos serão convidados a contar e a compartilhar.

Neste tempo veloz que vivemos, rodeados da mais alta tecnologia, as histórias têm o poder de nos reunir em volta da escuta e da palavra mais genuína. E a Candeia chega para isso: para promover o necessário e urgente encontro com o outro.

Patrocínio: Capes/Paep
Apoio Cultural: Sesc Palladium
Apoio: Fundação Municipal de Cultura, Hotel Normandy, Bem Natural e Clássica Distribuidora e Cantina do Lucas

[PROGRAMAÇÃO]

Abertura da CANDEIA

13/06 – quarta-feira
20:00 – Sesc Palladium (Grande Teatro)

Intervenção Artística: Sérgio Pererê – Cordel O milharal da vovó

Espetáculo: Era uma vez África – Boniface Ofogo (Camarões)
Público: geral

14/06 – quinta-feira
17:00 – Sesc Palladium (Palco do Grande Teatro)
Mesa: A Narração de Histórias como linguagem artística
Participantes: Regina Machado SP e Gislayne Matos BH
Mediadora: Júlia Grillo RJ

20:00 Sesc Palladium (Palco do Grande Teatro)
Espetáculo: Contos da Lua Nova – Regina Machado e Gabriel Levy (São Paulo)
Público: Adulto

15/06 – sexta-feira
10:00
Bate-papo com o grupo de contadores de histórias da Biblioteca Infantil e Juvenil de BH
Local: Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte

19:00 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso
Espetáculo: “A polpa e a semente e o desenho das histórias” – Júlia Grillo RJ

21:00 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso)
Espetáculo: Foi Coisa de SACI – Josiane Geroldi SC
Público: Família

16/06 – Sábado
09:00 às 13:00 – Espaço Multiuso
Oficina: Contos e Lendas da África, com Boniface Ofogo (Camarões)
Duração: 04 horas

09:00 às 13:00 – Espaço Multiuso
Oficina: Contos de lugares distantes: estudos e práticas do narrar, com Giuliano Tierno SP
Duração: 04 horas

(Inscrições prévias)

14:00 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso)
Evento: Bate papo com Ricardo Azevedo
Abertura: Contadores da Vila, da Escola Municipal Vila Fazendinha

16:00 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso)
Mesa: Contador de histórias Contemporâneo, que profissional é esse?
Participantes: Giuliano Tierno SP e Boniface Ofogo (Camarões). Mediação: Josiane Geroldi

Intervenções Artísticas: Fernando Chagas (BH/RJ) e Bárbara Amaral

18:00 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso)
Espetáculo: Histórias de muitos mundos com Emilie Andrade, SP
Público: Família

19:30 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso)
Espetáculo: O buscador da verdade – Rosana Mont’ Alverne e Eduardo Flores MG

21:00 – Sesc Palladium (Teatro de Bolso)
Espetáculo: Lançamento do CD do Coletivo Narradores – MG

17/06 – domingo
10 ás 12:00 – Mostra Candeia no Rancho da Cultura
Rua José Vaz Pedrosa, 360 – Pompéu, Sabará-MG

*