28 jun 2018

Voluntariado no cooperativismo marca o Dia C na Praça da Assembleia

Arquivado em Cidade, Comportamento

dia c

O cooperativismo e o voluntariado são os destaques desta semana na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Além de uma audiência pública sobre o tema programada hoje (28/6/18), pelo segundo ano consecutivo a Praça da Assembleia vai sediar no sábado (30) o Dia de Cooperar (Dia C), que visa celebrar ações de voluntariado do cooperativismo mineiro.

A atividade na praça, das 9 horas às 13 horas, é gratuita, aberta ao público e realizada pelo Sistema Ocemg, formado pela Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Minas Gerais (Sescoop-MG).

Estão na programação oficinas circenses, apresentações culturais, espaço de recreação infantil, exposição e degustação de produtos de cooperativas, além da oferta de dicas de saúde e quick massage. Também haverá doação e troca de livros e recebimento de lixo eletrônico. Entre as atrações musicais está a banda Putz Grilla.

Confira a programação completa:

9h30 às 10 horas: Batuque Salubre – Apresentação musical (percussão)

10 horas às 10h30: Trupetralha – Apresentação circense

10h45 às 11h15: Projeto Encantando Coopemata – Coral infantil

11h30 às 13 horas: Banda Putz Grilla – Show de encerramento

O Dia C aconteceu pela primeira vez em 2009, com a participação de 139 cooperativas mineiras que se reuniram para realizar diversas ações voluntárias. Só em 2017, foram 254 cooperativas participantes, 56.456 voluntários envolvidos e mais de 916 mil pessoas beneficiadas.

Segundo a Lei Federal 5.764, de 1971, que define a Política Nacional de Cooperativismo, as sociedades cooperativas são aquelas que celebram contrato se obrigando reciprocamente a contribuir com bens ou serviços para o exercício de uma atividade econômica, de proveito comum, sem objetivo de lucro.

Por: Assembleia Legislativa de Minas Gerais

14 abr 2016

Debate público na Assembleia discute inovações que beneficiam pessoas com diabetes

Arquivado em Comportamento, saúde

Divulgação

Na próxima sexta-feira (15.04), de 08h30 às 17h30, no Plenário Juscelino Kubistcheck da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, a Comissão de Saúde da Casa vai realizar um debate público sobre “Diabetes: a amarga realidade da política pública”. O evento tem como público alvo pessoas com diabetes, gestores municipais, técnicos e representantes de organizações da sociedade civil envolvidas com tema. O evento tem o apoio da Associação de Diabetes Infantil (ADI) e terá a participação de representantes do Ministério Público, Prefeitura de Belo Horizonte e organizações não governamentais de Minas e de São Paulo.

O objetivo é promover um debate sobre a política pública de atenção à pessoa com diabetes em Minas Gerais, o acesso aos medicamentos e insumos, a eficácia do uso das insulinas análogas de longa ação no tratamento do diabetes mellitus e as experiências de êxito no enfrentamento da doença, que serão apresentadas pelas organizações sociais.

Segundo o deputado Antonio Jorge (PPS), o que o motivou a propor este debate foi a necessidade de buscar uma solução que venha por fim ao risco que as pessoas, principalmente aquelas diagnosticadas com Diabetes tipo 1, estão correndo ao injetar insulina às cegas devido ao desabastecimento das tiras glicêmicas nas unidades de saúde.