29 maio 2018

Repensar antes de desistir

Arquivado em Comportamento, opinião

crenças

Por Juan O’Keeffe do blog Evolução Pessoal

Alguma vez na sua vida tinha algo que você gostaria muito de fazer mas desistiu? Provavelmente já aconteceu com você. Se esse é o seu caso, este artigo pode ser do seu interesse. Um dos principais motivos que as pessoas desistem de alguma coisa é porque desenvolveram o que se chama de uma crença limitante.

As crenças limitantes são ideias em que acreditamos e que nos bloqueiam de fazer algo que desejamos. Imagine que você queira emagrecer mas desiste de fazer a dieta e exercícios, pois acha que não tem força de vontade suficiente para isso. Acreditar que você não tem força de vontade seria a sua crença limitante nesse caso. É o que está impedindo você de ir em frente e tomar as atitudes que sabe que deveria tomar. Uma alternativa seria mentalizar que se muitas pessoas conseguem você pode conseguir também. Para ajudar nesse trabalho de mudança de mindset uma possibilidade seria ir atrás de leituras e programas que trabalhem a questão da motivação ou procurar um profissional que possa ajudar a reformular essa maneira de pensar.

De forma geral, as pessoas sabem as coisas que precisam fazer para ter uma vida mais saudável. Ao mesmo tempo muitas criam uma crença limitante de que ser saudável é chato. Ficam pensando nas coisas gostosas que vão precisar deixar de comer por exemplo. Para quebrar essa crença, que tal observar pessoas que levam uma vida saudável para saber se realmente acham que a vida é chata dessa forma? Todos nós conhecemos pessoas que são muito felizes se alimentando bem e praticando esportes.

Alguém que queira voltar a estudar, mas desiste da ideia, pois julga que já passou da idade pra isso é um outro exemplo. A idade torna-se pretexto para gerar uma série de limitadores. Obviamente não existe idade limite para aprender. Lembro de já ter visto diversas notícias de idosos sendo alfabetizados, por exemplo. Mas a idade frequentemente serve como justificativa para não se ir em frente em diversos aspectos da vida.

Claro, eventualmente os motivos para desistir de alguma coisa realmente fazem sentido. Nem sempre é apenas uma crença limitante que precisa ser eliminada. Porém, muitas vezes é. O ponto aqui é refletir sobre o motivo de você desistir de alguma coisa e verificar se realmente faz sentido ou se você está colocando uma crença que não precisa estar lá.

A nossa vida é cheia de sonhos. Temos que nos perguntar por quê muitas vezes desistimos deles. Por mais estranho que possa parecer, isso talvez envolva lutar contra nós mesmos para mudar o nosso pensamento. Transformar uma crença limitante numa nova forma de pensar que empodere e contribua para você ir em frente e batalhar pelo que quer.

07 set 2015

Você sabe como proteger o seu “mindset”?

Arquivado em Comportamento
ana paixão

Ana Paula Paixão

Em momentos de crise acreditamos que os nossos sonhos ficam cada vez mais distantes. Ficamos perdidos no meio de tantas informações negativas, visões pessimistas e invadida por medos de arriscar algo diferente. O que mais desejamos em períodos de instabilidade é coragem para mudar, mas não sabemos exatamente o que fazer.

Para ajudar na tomada de decisão mais acertada, muitas pessoas estão procurando os serviços de um coach. O Coaching é um processo com duração definida que visa a mudança de comportamentos e estratégia para a realização de seus objetivos, além da melhoria de performance em áreas específicas.

Seja pessoal ou profissional, o sonho de realizar algo é muito tentador e fascinante, mas por vezes frustante se você não tiver os componentes necessários para a ação. Ou então você sabe que tem potencial para realizar mais, mas falta alguma habilidade para isso.

E essa melhoria inclui organização de agenda e desenvolvimento de competências, por exemplo, mas os fatores essenciais são aqueles atrelados à crenças e valores. Pois são eles que moldam nossa forma de estar e viver no mundo.

A metodologia do Coaching tem validação científica e eficiência comprovada, mas cabe ao coachee (cliente) empreender as mudanças que deseja em sua vida. E isso é possível com a ajuda do coach (profissional) que conduz o processo e domina as técnicas necessárias.

Conversei com Ana Paula Paixão, Coach de Alta Performance com foco em desenvolvimento profissional. Ela é relações públicas, pós graduada em Gestão de Negócios com mais de 10 anos de experiência na área de relacionamento com clientes internos e externos. Atua principalmente com empreendedores, profissionais liberais e micro-empresários, fortalecendo seu perfil e desempenho profissional e pessoal. Idealizadora do Programa On Line Coragem para Mudar.

Ana Paula nos alerta sobre as crenças e valores que configuram a nossa mente e a importância de se proteger o “mindset”. Mas o que é midset?  É o modo como você vê e se relaciona com o mundo. Saiba mais: