24 maio 2018

Conheça os efeitos do estresse na saúde bucal

Arquivado em saúde, Saúde Bucal

saúde bucal

Cerca de 90% da população mundial sente no corpo os efeitos do estresse, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em pesquisa realizada em 2013.  O Brasil é considerado o segundo país mais estressado do mundo, atrás apenas do Japão, de acordo com pesquisa realizada pela Associação Internacional do Controle do Estresse.

As consequências  podem ser sentidas na boca, como: aftas, hálito desagradável, sangramento na gengiva, boca seca, rachadura nos lábios, herpes e, até mesmo, a perda do dentes.  O estresse libera os hormônios: hidrocortisona e cortisol, provocando um efeito pró-inflamatório, que ameaça a saúde dos dentes.

Em exposição à situação de estresse, a pessoa pode desenvolver o bruxismo, um transtorno  caracterizado pelo ranger dos dentes e apertar involuntariamente dos dentes. Além de desgastar e torna-los extremamente sensíveis, o bruxismo pode levar a dores de cabeça.

SAIBA MAIS: com Dr. Paulo Coelho Andrade, mestre em Implantodontia pelo Centro de Pesquisas Odontológicas de Campinas e especialista em Implantodontia pela Associação Brasileira de Odontologia.

TRATAMENTO