Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
29 nov 2017

Vídeo revela terror em granja de porcos no Brasil

porquinho

Por: A PIPA

PETIÇÃO: junte-se à Mercy For Animals pedindo ao Grupo Pão de Açúcar que pare de comprar de fornecedores inescrupulosos que confinam animais em celas ou gaiolas e que realizam mutilações dolorosas nos corpos de porquinhos recém-nascidos.

Impactantes imagens gravadas dentro de uma granja de porcos cooperada da Aurora mostram a agonia de porquinhos no momento em que funcionários serram seus dentes, cortam seus rabos e pedaços de suas orelhas, sem qualquer anestesia. O sofrimento de suas mães também é inimaginável. Elas vivem presas em minúsculas celas de gestação, num espaço tão pequeno que elas não podem sequer se virar de lado. Os produtos da Aurora são vendidos nos supermercados do Grupo Pão de Açúcar (Extra, Pão de Açúcar e Assaí Atacadista).

Se você também se preocupa com os animais e não quer que eles sofram, provavelmente você também sabe que porcos e outros animais têm a mesma capacidade de sofrer que os animais com os quais estamos habituados em nossas casas, como cães e gatos. O que a Mercy For Animals descobriu em uma granja de porcos cooperada da Aurora no Brasil vai te deixar chocado.

Porquinhos com poucos dias de nascidos vivenciam a agonia e o desespero enquanto humanos cruéis serram seus dentes, cortam seus rabos e pedaços de suas orelhas, sem usar qualquer tipo de anestesia. A poucos metros estão as suas mães, que são tratadas como meras máquinas produtoras de carne, presas em minúsculas celas de gestação minúsculas, pouco maiores que seus próprios corpos, onde não podem sequer virar de lado. Esses animais incrivelmente inteligentes e sociais ficam tão estressados, submetidos a esta experiência de terror, que passam quase o tempo todo mordendo suas celas – um sinal alarmante de que estão enlouquecendo.

*