Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
23 nov 2019

25 de novembro: Dia do Doador Voluntário de Sangue

Arquivado em Uncategorized

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, 16 em cada mil pessoas doam sangue, o que soma 1,6% da população. Infelizmente, o número é desanimador. Por isso, no próximo dia 25 de novembro é comemorado o Dia do Doador Voluntário de Sangue com o objetivo de conscientizar a população da importância de aumentar o estoque de sangue.

Para o responsável pela captação de doadores do Hospital Lifecenter, psicólogo Matheus Sousa, a data comemorativa reforça as doações voluntárias de sangue, tão necessárias para salvar vidas. “Sempre falamos que doação é um ato de caridade, que ajuda, mas é, principalmente, um ato de responsabilidade social. Mesmo que você não conheça a pessoa para quem está doando, você está fazendo o bem por alguém”, contou.

Matheus ressalta ainda que o trabalho de conscientização é o único meio de os bancos de sangue conseguirem deixar seus estoques abastecidos, porque é algo que não se compra. “Dentre os tipos de sangue o O negativo é o mais demandado pois pode ser doado para pacientes de todos os outros tipos sanguíneos. Entretanto, apenas uma pequena parcela da população brasileira tem esse tipo de sangue, o que o torna muito demandado. O mais comum é o O positivo visto que grande parte da população brasileira tem esse tipo sanguíneo. Ambos precisam estar sempre em grande quantidade no estoque”, esclareceu.

Para efetuar a doação é preciso:

• Apresentar documento de identificação;

• Pesar mais que 50kg;

• Ter entre 16 e 69 anos (a primeira doação de sangue só é possível até os 60 anos de idade / entre 16 e 18 anos também podem doar, porém precisam da autorização por escrito dos pais ou responsável);

• Estar alimentado;

• Não ingerir bebida alcóolica nas 12 horas anteriores a doação;

• Dormir no mínimo cinco horas nas últimas 24 horas;

• Ingerir bastante líquidos nos dias precedentes.

Você deve estar logado para comentar.