Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
12 jan 2016

Atriz Nicole Puzzi denuncia nas redes sociais maus-tratos contra os animais no Mercado Central de BH

mercado central

Reprodução/Youtube

O Mercado Central de Belo Horizonte ainda não se “adaptou”  às novas regras para a exposição de cães, roedores, pássaros e outros animas domésticos em vitrines e gaiolas. A resolução do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) entrou em vigor em 15 de janeiro de 2015.

A resolução prevê regras para a comercialização dos animais. Desde janeiro de 2015, os bichos podem ficar expostos, mas em ambiente livre de excesso de barulho, com luminosidade adequada, livre de poluição, em ambiente limpo e sem riscos de acidentes, os locais têm que ter espaço para movimentação. Os estabelecimentos e veterinários que não cumprirem os requisitos definidos na resolução estão sujeitos a multas.

Próximo de completar um ano de completo descaso, a atriz Nicole Puzzi publicou um vídeo em suas redes sociais mostrando que nada ainda foi feito em favor dos animais.  Cães, pássaros e roedores continuam confinados em espaços pequenos. O Mercado Central de Belo Horizonte continua o mesmo…  Nada ainda foi feito… Até quando??? Assista

  • Vagner

    Em 12.01.2016

    Até quando esses malditos humanos vai maltratar os ANIMALS?????!!

  • Bruno Motta

    Em 12.01.2016

    E a fiscalização da PBH? Tem rabo preso com alguém lá no Mercado Central.

  • Maria Lucia de Souza

    Em 12.01.2016

    VERGONHA!!! Mercado da Idade Média. Deve rolar muita grana pra calar a boca das autoridades.
    Lamentável!!!!!

  • Tadeu

    Em 12.01.2016

    Minas Gerais continua muita atrasada mesmo! O Mercado Central é abominável e nada é feito em relação aos bichinhos…e tem gente burra que compra. Quanta ignorância, meu Deus

  • Julio

    Em 12.01.2016

    Uma vergonha para o mercado central e pra BH. Ninguém toma providência por covardia e omissão,inclusive o prefeito e a câmara de vereadores que só sabe criar lei pra mudar nome de rua.

  • Cristina Grace

    Em 12.01.2016

    aprisionados, de BH e me envergonho dessa exploração absurda de animais no Mercado Central.
    Um ponto turístico que deixa claro a sua falta de respeito c/ os animais e todos que ali passeiam. Local de barulho intenso, sem luz solar, totalmente aprisionados, os bichos ficam estressados, fracos e doentes. Enquanto isso, degustamos dos alimentos que ali são vendidos?
    Até quando Sr. Prefeito Márcio Lacerda???

  • Spano

    Em 12.01.2016

    Realmente a questão deve ser discutida e se busca, há tempos, uma solução. PORQUE NÃO SE FAZ UM LUGAR PARA OS BICHOS FICAREM NO ESTACIONAMENTO SUPERIOR DO MERCADO CENTRAL? Assim, protege os animais até uma solução definitiva, não os mistura com nossos alimentos e lá tem mais circulação de ar (tem lugar reservado lá, no lado da Rua Curitiba). Também, se poderia pensar em lugar para os animais fora do Mercado Central Novo, por exemplo, no Mercado Central Velho. As autoridades têm que tomar as providências cabíveis, como anda a atuação do Ministério Público Estadual, qual o desdobramento do inquérito civil?

Você deve estar logado para comentar.