Categoria "Animais"
22 jul 2019

Ajuda Pet: a tecnologia em defesa animal

Os doguinhos tiveram um espaço especial na Virada Cultura de BH, no Viaduto Santa Tereza, afinal os mineiros já entenderam que os animais não são objetos. Pelo contrário, são seres vivos que sentem dor, amizade, amor e sofrem com o abandono.

No evento, os interessados tiveram a oportunidade de conhecer o projeto Ajude Pet, uma ideia inovadora em prol do animal. O objetivo é encontrar e executar soluções efetivas para o fim do abandono e sofrimento de cães e gatos. Com base em três pilares: gestão estratégica, tecnologia e união das pessoas.

Saiba mais:

25 jun 2019

Campanha da Mercy For Animals pede fim da comercialização de ovos de galinhas confinadas

Por: Sandra Lopes, Diretora Executiva Mercy For Animals

Olá!

Quero compartilhar uma excelente notícia que impactará a vida de milhões de galinhas positivamente. No mês passado, o Walmart anunciou que não vai mais comercializar ovos de galinhas confinadas em gaiolas em todas as suas lojas, terminando essa transição nos próximos anos. Agora precisamos do seu apoio para convencer o Grupo Pão de Açúcar a também dizer não às gaiolas.
Peça ao Pão de Açúcar agora mesmo! AQUI

O compromisso do Walmart veio após uma campanha da Mercy For Animals e conversas com a gente e outros grupos. No ano passado, o Carrefour foi o pioneiro no segmento de supermercados a anunciar um compromisso nesse sentido, mas, infelizmente, o Grupo Pão de Açúcar está resistindo a anunciar esse compromisso para todas as suas operações no Brasil.

Dos 3 maiores supermercados do país, ele é o único a não ter essa política. Dessa forma, milhões de galinhas continuarão em gaiolas para produzir ovos para o Grupo Pão de Açúcar, sem esperança de que essa realidade mude.

As galinhas sofrem terrivelmente confinadas em gaiolas. Elas não podem caminhar e nem abrir as asas. Para nós, está mais do que na hora de o Grupo Pão de Açúcar agir, e eu conto com você para sermos a voz de tantas galinhas que precisam de nossa ajuda desesperadamente!

Entre em ação! AQUI 

12 jun 2019

Como escolher os seus cosméticos amigos do ambiente

sabonete

As preocupações com o meio ambiente são cada vez maiores e a consciência ambiental também. Por isso, cada vez mais, muitas marcas fazem um esforço para conquistar a confiança dos consumidores no que diz respeito à sua qualidade e impacto ambiental.

O mundo dos cosméticos sempre foi um setor envolto em suspeição dos químicos usados, e no quão mal fariam ao meio ambiente. Alem das substâncias usadas, as embalagens, aplicadores e auxiliares (como microesferas de plástico) acabam por contribuir para um aumento dos resíduos gerados.

Para enfrentar este problema, surgiram os cosméticos amigos do ambiente, que são produzidos utilizando substâncias naturais, e todos os aspetos que envolvem a sua produção e comercialização respeitam o meio ambiente.

Mas possuírem na sua constituição substâncias naturais não é tudo. Se estas são obtidas através de processos que danificam o meio ambiente, o prepósito perde-se. É necessário que estas substâncias sejam obtidas por processos naturais, sem uso (intensivo) de pesticidas, herbicidas ou outros meios que danifiquem o meio ambiente. Assim sendo, o produto só poderá ser considerado se for constituído no mínimo por 95% de ingredientes de origem natural, provenientes de agricultura biológica e sem a adição de sintéticos, parabenos, silicones, corantes ou perfumes.

Cuidado é também necessário na embalagem do produto e no empacotamento. O produtor até pode ser embalado em um embalagem biodegradável, mas se, por exemplo, no processo de transporte for empacotado em plástico não biodegradável, continuará a ter um efeito sobre o meio ambiente, ao gerar resíduos. Alem disso, alguns processos poderão não ser claros na dimensão da mitigação do impacto ambiental. Por exemplo, podem ser usados materiais reciclados, mas o processo de reciclagem em si pode ser danoso para o meio ambiente.

Por fim, não podemos ainda esquecer a questão dos testes animais dos cosméticos. Se foram testados em animais, não poderão ser considerados como amigo do ambiente. Os cosméticos amigos do ambiente costumam denunciar na embalagem que não foram testados em animais.

Olhando para a embalagem, nomeadamente para a lista de ingredientes, deverá procurar por alguns ingredientes que denunciam o produto como sendo ou não de origem orgânica. Estes são os parabenos, o formaldeído, os ftalatos, a vaselina, o talco, os polietilenoglicois, o fenoxietanol, triclosan, as dioxanes, o lauriléter sulfato de sódio, a trietanolamina (TEA), dietanolamina (DEA) e etanolamina (MEA).

Para alem da salvaguarda do meio ambiente, tem vantagens para o utilizador. A utilização destes cosméticos tem como vantagem a redução dos riscos de alergia, nomeadamente em pessoas cuja pele é mais sensível. Alem do mais, devido às altas concentrações dos princípios ativos, tenderão a ser mais eficazes na sua ação.

Por outro lado, nem tudo é bom nos cosméticos amigos do ambiente. O seu preço costuma ser mais alto em resultado dos processos naturais envolvidos, e o prazo de validade mais curto, pois não são usados produtos químicos para aumentar a sua longevidade.

Contudo, as vantagens superam as desvantagens, pois será benéfico para si a longo prazo, não só pela eficácia do produto, mas também pela contribuição em preservar o meio ambiente. Faça também parte da mudança pelo um mundo onde existe simbiose entre a beleza e a natureza!

Página 2 de 25123456... 25Próximo