Categoria "Beleza"
11 nov 2019

Conheça a primeira empresa brasileira de cosméticos a receber uma Patente Verde

Divulgação

Patente foi concedida a tratamento que aproveita biomassa para criar cosméticos

A Natura se tornou a primeira empresa brasileira de cosméticos a receber uma Patente Verde, iniciativa do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) que reconhece tecnologias voltadas para o meio ambiente.

A patente foi concedida a um tratamento desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e da Natura. O procedimento aproveita a biomassa gerada a partir da extração do óleo de oleaginosas como insumos de produção da companhia.

Segundo a Natura, anteriormente, a biomassa gerada como resíduo era utilizada para compostagem de solo. Agora, ela será inserida em um novo produto a ser lançado em 2020.

A descoberta faz parte do projeto Visão de Sustentabilidade 2050 da Natura. O projeto foi apoiado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII). O registro junto ao INPI garante à Natura exclusividade de produção e venda da inovação durante os primeiros anos.

“É uma grande conquista relacionada à economia circular, pois desenvolvemos uma técnica de uso integral de sementes da biodiversidade brasileira. O que antes virava adubo, agora gera uma oportunidade em outra cadeia produtiva”, explica Roseli Mello, diretora de Inovação da Natura.

Conheça os produtos na minha loja virtual Consultoria Saúde do Meio

29 out 2019

Como é sua relação com seu cabelo?

Arquivado em Beleza, cabelo, Comportamento

Como é sua relação com seu cabelo? No passado, o cabelo foi uma ferramenta de conexão da mulher consigo mesma, com sua verdade, e representava o lugar que cada uma ocupava na sociedade. Com o surgimento dos padrões, o reforço dos códigos de luxo e da perfeição, houve uma desconexão. “Identificamos isso na história e trouxemos de volta o valor do cabelo como expressão da singularidade de cada mulher”, explica Bruna Coletti, gerente de marketing da Natura.

Seu cabelo, sua verdade

A modelo Elen Santigo, que trabalhou com Natura Lumina, passou anos alisando seus cachos. Ainda na infância, adotou fios bem lisos. Há três anos, porém, a vontade de conhecer seu cabelo de verdade falou mais alto. O resultado não poderia ser outro: se apaixonou! “Hoje, tenho uma relação de amor com o meu cabelo e sei que essa é a verdadeira Elen”, conta orgulhosa.

Já a modelo Maria Clara de Melo, 24, parte do casting de Natura Lumina, passou a cuidar dos fios durante sua transição de gênero. O crescimento do cabelo serviu de expressão da sua identidade. “Quando comecei a deixar o cabelo crescer, senti uma pressão grande. Mas quando vi fotos dos meus cachos, até chorei. Vi quem eu sinto que sou. Meu cabelo me representa totalmente”, compartilha ela, que se identifica como uma mulher trans.

Foi a maturidade que ajudou a modelo Maristani, 47, a encarar seus fios como verdadeiros acessórios, que lhe permitem brincar e se divertir. “Meu cabelo é meu maior parceiro, ele topa tudo. Ninguém quer ficar com a mesma aparência sempre”, diz a modelo.

Fonte de beleza

Liso, cacheado, crespo, colorido, grisalho: expresse a beleza da sua verdade! Insubmissa a padrões inatingíveis, Natura Lumina tem tudo para se tornar sua melhor aliada nesse processo.

Não existe cabelo perfeito, mas você pode se entender com ele”, explica Bruna. E emenda: “O segredo é entender sua necessidade para tratá-lo da forma ideal”.

Por isso, entregue aos seus fios o que ele realmente precisa: tratamento capilar com precisão. Sem truques. Inspirada na inteligência da natureza e na beleza da ciência, Lumina criou a Biotecnologia Pró-Teia para o tratamento capilar com precisão. Os sistemas de tratamento da marca preenchem os fios de dentro para fora, na exata medida de cada dano. Nem mais nem menos.

Os produtos da linha Lumina estão disponíveis no meu espaço digital Natura.  

24 out 2019

Saiba como usar o primer e minimizar as imperfeições da pele

Arquivado em Beleza, Comportamento

Consultoria Natura Saúde do Meio 

Se você quer tirar proveito do primer na sua make, o primeiro ponto é compreender sua função. “A base foi feita para uniformizar a cor e ele, a textura, preenchendo linhas e poros mais dilatados e deixando a pele visivelmente mais lisa”, afirma a maquiadora Jake Falchi.

O primer – como dá a entender o próprio nome do produto – deve ser o primeiro produto a ser aplicado na pele na hora de se maquiar. “Mas sempre depois do skincare”, alerta Jake. Quer mais? Use na finalização.

A expert ainda conta que alguns produtos, por serem mais densos, podem ser usados para finalizar a maquiagem em algumas regiões mais críticas, como a zona T (testa, nariz e queixo). Segundo ela, esse tipo de primer, quando utilizado na finalização, matifica a pele e diminui ainda mais a aparência dos poros. “Porém é preciso ter cuidado para não retirar a maquiagem já aplicada no local.”

O primer pode ser usado em qualquer estação do ano, mas, como ajuda na fixação da make, ele é ainda mais imprescindível nos períodos mais quentes. “Esse cosmético colabora para manter a maquiagem por mais tempo na pele, controlando o brilho.” Sobre a aplicação, a profissional diz que vale usar os dedos ou um pincel. A questão é só avaliar a consistência do produto e a etapa da make em que se está (preparo ou finalização).

Efeito blur

Depois de tantas dicas, ficou animada para incorporar o primer na próxima vez que for se maquiar? Então aproveite para conhecer o Primer Blur Efeito Instantâneo, de Una. Com fórmula aveludada, ele forma um filme sobre a pele, uniformizando a textura e prolongando a duração da maquiagem.

“Gosto de usá-lo, principalmente, quando a ideia é fazer uma maquiagem leve. Sozinho, ele já causa aquele efeito blur (palavra em inglês que significa desfoque), ajuda a corrigir os poros e controla bem o brilho excessivo da pele”, finaliza Jake Falchi.

Página 1 de 1212345... 12Próximo