Categoria "Beleza"
17 jun 2019

Biotecnologia Pró-teia: Descubra como ter cabelos regenerados de verdade

Arquivado em Beleza, cabelo, Comportamento

biotecnologia-pro-teia-cabelos-regenerados-natura-lumina-header-desktop

Por: Natura

Com tecnologia inédita, Natura Lumina tem fórmula inteligente capaz de promover um tratamento capilar de precisão, recuperando a saúde do cabelo na medida certa, sem truques.

Tratar todos os tipos de cabelo com alta performance e entregar o que o fio realmente precisa são os focos dos produtos de Natura Lumina. E para atender a esse objetivo na exata medida de cada dano, criamos uma tecnologia avançada inédita e exclusiva: a Biotecnologia Pró-teia. Vem saber mais!

O que é exatamente a Biotecnologia Pró-teia?

É uma tecnologia capaz de atuar em todas as camadas do fio de cabelo. Do nível mais profundo (no interior do fio) até sua superfície, regenerando de dentro para fora.

Por que essa Biotecnologia trata de verdade?

Descobrimos na natureza o poder da teia. Apesar de mais fina do que um fio de cabelo, ela é cinco vezes mais forte que o aço e mais maleável que o nylon. Além disso, também composta apenas de proteína. Dessa maneira, foi possível identificar que tanto a proteína da teia como a do cabelo possuem o mesmo design, revelando uma afinidade única dela aos fios. Ela é capaz de se conectar a eles e promover uma recarga dirigida especificamente para cada região dos danos, ao longo de todas as camadas dos fios, tratando de dentro para fora. Reproduzimos então a proteína da teia em laboratório, dando origem à Biotecnologia Pró-teia.

Biotecnologia Pró-teia e seus benefícios

Os resultados do uso dessa biotecnologia na saúde do fio são comprovados graças ao uso da microtomografia de raios X para avaliação os cabelos – uma técnica parecida com a tomografia usada para diagnóstico em exames médicos. Ela enxerga os danos de porosidade no interior dos fios, região conhecida como córtex, a camada mais profunda e não visível a olho humano. Isso demonstrou uma redução de 70% de porosidade nos fios, já na primeira aplicação.

Presente em todos os sistemas de tratamento de Lumina, que atendem às mais variadas necessidades capilares – secos, quimicamente danificados, lisos, cacheados e crespos –, a Biotecnologia Pró-teia é aliada a ativos específicos entregando um tratamento capilar direcionado e preciso, exatamente para o que cada tipo de cabelo precisa.

O resultado é promissor: cabelos saudáveis desde a primeira aplicação e regeneração na medida exata. Nada de truques.

Lumina Cabelos Secos e Lumina Quimicamente Tratados já está disponível no site Natura.

12 jun 2019

Como escolher os seus cosméticos amigos do ambiente

sabonete

As preocupações com o meio ambiente são cada vez maiores e a consciência ambiental também. Por isso, cada vez mais, muitas marcas fazem um esforço para conquistar a confiança dos consumidores no que diz respeito à sua qualidade e impacto ambiental.

O mundo dos cosméticos sempre foi um setor envolto em suspeição dos químicos usados, e no quão mal fariam ao meio ambiente. Alem das substâncias usadas, as embalagens, aplicadores e auxiliares (como microesferas de plástico) acabam por contribuir para um aumento dos resíduos gerados.

Para enfrentar este problema, surgiram os cosméticos amigos do ambiente, que são produzidos utilizando substâncias naturais, e todos os aspetos que envolvem a sua produção e comercialização respeitam o meio ambiente.

Mas possuírem na sua constituição substâncias naturais não é tudo. Se estas são obtidas através de processos que danificam o meio ambiente, o prepósito perde-se. É necessário que estas substâncias sejam obtidas por processos naturais, sem uso (intensivo) de pesticidas, herbicidas ou outros meios que danifiquem o meio ambiente. Assim sendo, o produto só poderá ser considerado se for constituído no mínimo por 95% de ingredientes de origem natural, provenientes de agricultura biológica e sem a adição de sintéticos, parabenos, silicones, corantes ou perfumes.

Cuidado é também necessário na embalagem do produto e no empacotamento. O produtor até pode ser embalado em um embalagem biodegradável, mas se, por exemplo, no processo de transporte for empacotado em plástico não biodegradável, continuará a ter um efeito sobre o meio ambiente, ao gerar resíduos. Alem disso, alguns processos poderão não ser claros na dimensão da mitigação do impacto ambiental. Por exemplo, podem ser usados materiais reciclados, mas o processo de reciclagem em si pode ser danoso para o meio ambiente.

Por fim, não podemos ainda esquecer a questão dos testes animais dos cosméticos. Se foram testados em animais, não poderão ser considerados como amigo do ambiente. Os cosméticos amigos do ambiente costumam denunciar na embalagem que não foram testados em animais.

Olhando para a embalagem, nomeadamente para a lista de ingredientes, deverá procurar por alguns ingredientes que denunciam o produto como sendo ou não de origem orgânica. Estes são os parabenos, o formaldeído, os ftalatos, a vaselina, o talco, os polietilenoglicois, o fenoxietanol, triclosan, as dioxanes, o lauriléter sulfato de sódio, a trietanolamina (TEA), dietanolamina (DEA) e etanolamina (MEA).

Para alem da salvaguarda do meio ambiente, tem vantagens para o utilizador. A utilização destes cosméticos tem como vantagem a redução dos riscos de alergia, nomeadamente em pessoas cuja pele é mais sensível. Alem do mais, devido às altas concentrações dos princípios ativos, tenderão a ser mais eficazes na sua ação.

Por outro lado, nem tudo é bom nos cosméticos amigos do ambiente. O seu preço costuma ser mais alto em resultado dos processos naturais envolvidos, e o prazo de validade mais curto, pois não são usados produtos químicos para aumentar a sua longevidade.

Contudo, as vantagens superam as desvantagens, pois será benéfico para si a longo prazo, não só pela eficácia do produto, mas também pela contribuição em preservar o meio ambiente. Faça também parte da mudança pelo um mundo onde existe simbiose entre a beleza e a natureza!

10 jun 2019

Natura é a marca mais lembrada em estudo sobre empoderamento feminino

Arquivado em Beleza, Comportamento

pesquisa-natura-marca-empoderamento-header-desktop

O que uma marca de beleza pode fazer por uma mulher? Pode mostrar para o mundo toda a força e a beleza que toda mulher tem. Comprometidos com essa causa de impacto social, que reflete os tempos atuais, a Natura foi a marca mais citada entre as empresas que levantam a bandeira do empoderamento feminino, em um levantamento recém-realizado pela empresa de tecnologia especializada em soluções digitais de pesquisa MindMiners.

O estudo intitulado “A importância de falar sobre empoderamento feminino” tinha como principal objetivo identificar se o termo e seus desdobramentos referentes a questões vividas atualmente pelas mulheres se tornaram efetivamente conhecidas pela sociedade. Liderado por Katlyn Mallet, analista de comunicação, ele contou com a participação de 640 mulheres e 360 homens do país.

Representatividade e empoderamento

Entre os dados divulgados, a representatividade foi um dos tópicos mais significativos, já que para 64,8% das participantes é inspirador ver figuras femininas em cenários sociais (como em cargos de liderança ou na política). Por outro lado, elas chamaram atenção para o fato de mulheres gordas, negras e idosas serem as menos representadas pela mídia.

Quando o assunto foi empoderamento feminino, 41% das entrevistadas afirmaram conhecer marcas que levantam essa bandeira. Entre as cinco destacadas, fomos a mais citada.

Padrões de beleza também apareceu entre os temas abordados pela pesquisa. Enquanto 87% das mulheres já ouviram comentários sobre aparência que incomodaram ou magoaram, 35% dos homens ainda acreditam que as mulheres precisam ser “femininas e delicadas”.

Profissão para homem e para mulher

À medida que a pesquisa foi direcionada para o ambiente de trabalho, o que se observou foi um cenário ainda pautado por estereótipos de gênero. Cerca de 65% das mulheres e 66% dos homens acreditam existir profissões definidas para homens e para mulheres. Segundo Katlyn, em entrevista ao site Propmark, isso se deve a definições de gênero definidas desde a infância, na escolha dos brinquedos para meninos e meninas. “Isso constrói uma ideia de profissões que elas acreditam que devam seguir”, explicou.

Página 2 de 9123456789