Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
03 abr 2019

Co-wash: O que é e como usar a técnica que limpa o cabelo sem danificar

Arquivado em Beleza, cabelo, Comportamento

co-wash_o_que_e_e_como_usar_a_tecnica_que_limpa_o_cabelo_sem_danificar

Cabelos cacheados e crespos tendem a ser naturalmente secos. Logo, o uso excessivo de alguns shampoos que prometem limpeza profunda pode ser agressivo a eles. Não raro, há quem opte por reduzir a frequência de lavagem durante a semana a fim de eliminar por completo a oleosidade natural dos fios. A notícia boa é que já existe no mercado um produto específico para cuidar de todos os tipos de curvas, evitando qualquer prejuízo: trata-se do Condicionador Co-Wash.

Sentiu o couro cabeludo ressecado? É hora de ele entrar em ação, limpando com delicadeza, condicionando e definindo o cacheado ou o crespo em um único passo. Vem saber mais!

O que é o co-wash?

Em um esquema dois em um, o condicionador co-wash foi desenvolvido para limpar e condicionar, dispensando o uso de um shampoo. Esse é o caso do Condicionador Co-Wash Curvas Envolventes, de Plant, rico em óleo de macadâmia e livre de sulfato, parabeno e petrolato.

Apesar de homônimos, o condicionador co-wash não deve ser confundido com um condicionador comum. A farmacêutica bioquímica Marcela Buchain explica:

Se ele tiver na composição petrolato – também conhecido como vaselina ou silicone -, parafinas, ceras ou óleos vegetais, como é o caso dos comuns, e for aplicado no couro cabeludo, vai obstruir o folículo. Isso exige o uso de um shampoo de limpeza profunda, que tende a ser agressivo aos fios ressecados.”

Como usar o co-wash?

Prático, o co-wash é usado como um shampoo, ou seja, direto no couro cabeludo. A diferença está na fórmula, que não tende a espumar. Assim que depositado, basta massagear e enxaguar em abundância. A quantidade ideal equivale ao dobro daquela usada para o shampoo de costume.

Não existe regra, porém, na hora de incluí-lo na rotina de beleza. Segundo Clarissa Romeu, pesquisadora e desenvolvedora de produtos Natura, algumas pessoas preferem adotá-lo como único passo na hora de lavar o cabelo. “Já outras sentem a necessidade de intercalar o uso com o de um shampoo tradicional”, diz. Uma ótima opção é combiná-lo com uma máscara de tratamento, caso haja necessidade de turbinar os cuidados.

Para quem o co-wash é indicado?

Como os cabelos cacheados e crespos são mais ressecados que os demais, são eles os mais beneficiados pelo produto. “O shampoo convencional pode reduzir demais a oleosidade natural dos fios. Com o uso do co-wash, isso não acontece”, explica Clarissa.

Marcela o indica também para fios tingidos de loiro e alerta que quem tem caspa ou algum tipo de alteração no couro cabeludo deve evitar e procurar um especialista.

Você deve estar logado para comentar.