Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
24 jan 2020

Cuidar da coluna vertebral é fundamental para uma boa qualidade de vida

Arquivado em Comportamento, saúde

Geralmente, quando falamos sobre estilo de vida saudável, as pessoas pensam automaticamente em atividade física e alimentação balanceada. No entanto, existem outros fatores que precisam ser considerados. Um deles é o cuidado com a coluna vertebral, pois dela dependemos para ter uma boa qualidade de vida.

Segundo o médico ortopedista Daniel Oliveira, especialista em coluna vertebral, problemas na coluna podem refletir no dia a dia das pessoas, prejudicando atividades rotineiras como trabalhar, limpar casa, sair com os amigos e até se movimentar com segurança.

“A coluna é o maior complexo músculo-articular do corpo humano. Ela é responsável por nos deixar em posição ereta, sustentar nossa cabeça e membros, assim como proteger parte do nosso sistema nervoso. É formada por discos, músculos, ossos e ligamentos, por isso sua saúde é tão importante.”

Ainda de acordo com Daniel Oliveira, existem cuidados que devemos tomar para prevenir e amenizar a temida dor nas costas, entre eles: a prática regular de atividade física, a utilização de calçados confortáveis, atenção a uma boa postura, fazer uso de cadeiras com encosto anatômico, não ficar muitas horas parados na mesma posição e, claro, procurar um especialista caso haja alguma dor persistente na região.

A falta de cuidado ao longo da vida pode resultar em hérnias de disco, lombalgias, osteartrose e dores ciáticas. O tratamento pode incluir mudanças nos hábitos de vida, medicamentos, fisioterapias e, em alguns casos, cirurgias.

Atualmente, segundo o ortopedista, existem procedimentos minimamente invasivos para tratamento de hérnias de disco e compressões medulares, que podem substituir as grandes cirurgias de coluna tradicionalmente usadas, trazendo muitos benefícios para os pacientes.

“A endoscopia de coluna é uma evolução da cirurgia tradicional, que permite acessar a coluna de maneira direta, através de endoscópicos associados a câmeras de alta resolução, onde o cirurgião de coluna consegue ver e remover a hérnia de disco com cortes menores que 1 cm.”

O resultado, de acordo com Daniel Oliveira, é um pós-operatório com pouca dor, alta no mesmo dia e retorno rápido às atividades profissionais e da rotina diária.

“Com essa técnica, toda estrutura articular, muscular e ligamentar da coluna permanece praticamente intacta e não geramos instabilidade adicional. Assim, evitamos a necessidade do uso de parafusos e implantes em muitos casos”, finaliza o especialista.

Você deve estar logado para comentar.