Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
25 jun 2015

Games podem mudar comportamentos e cuidar do corpo

Ronaldo-Gazel-02

Gamificação pode mudar comportamentos e ajudar a cuidar do corpo. Entrevistei  Ronaldo Gazel, especialista em inovação e interatividade. Ele tem vasta experiência prática e teórica na criação e desenvolvimento de ações de marketing digital focadas em gamificação e tecnologias emergentes, tendo atendido, com sua expertise, a alguns dos maiores players do mercado nacional com grande sucesso.

Em entrevista exclusiva para o blog Saúde do Meio, ele ressalta que a interatividade oferecida pelos novos games ajudam a reduzir peso, controlar os batimentos cardíacos, oferecer alternativas de uma alimentação mais saudável e entrar em forma. Ele cita, por exemplo, o game RUN ZOMBIE RUN, o aplicativo MOVA MAIS  e os relógios inteligentes como formas divertidas de praticar atividades físicas de maneira lúdica e inovadora.

Ronaldo revela ainda que está em fase de desenvolvimento de um game na área da saúde que pretende premiar os mais esforçados. O usuário saudável pode ganhar uma aventura, como pular de paraquedas. Confira.

RUN ZOMBIE RUN

Exercite-se. Fuja dos zumbis. Torne-se um herói. Junte-se a 800 mil corredores em uma aventura épica que motiva a correr mais longe e mais rápido do que nunca — seja você um novato ou um expert. A proposta do game Run Zombies Run! é mergulhar em um jogo e em uma história cheia de ação misturada com sua própria música. Pode ser usado em qualquer cenário, mesmo que você esteja se movimentando em um parque ou correndo ao longo de uma trilha. Há perseguições de zumbis que o forçam a acelerar — ideais para quem quer um treino mais sério.

MOVA MAIS

Mova Mais é uma nova plataforma brasileira que oferece diversos benefícios ao fazer exercícios físicos, com a “troca” das calorias queimadas por milhas de passagens aéreas, diárias em hotéis, ingressos de cinema, prêmios etc. Na verdade a iniciativa é uma plataforma que se conecta a outros apps de monitoramento de atividades físicas.

24 jun 2015

Anjos aparecem e resgatam cadelinha com filhotes

Arquivado em Animais
resgate_cachorro

O abandono de animais é um problema cada vez mais comum nos grandes centros urbanos. Somos todos afetados pela negligência de alguns que não respeitam o valor da vida: animais humanos e animais não humanos. Muitos cães, gatos e outros animais domésticos sofrem pelas ruas e, muitas vezes, morrem sem assistência. Muitos deles estão gravemente doentes e dependem da solidariedade humana.

Um vídeo comovente que circula na internet mostra uma história com final feliz. Anjos apareceram para aliviar a dor de uma linda cadelinha e seus lindos filhotinhos que estavam escondidos em um buraco no meio do mato.

 

24 jun 2015

Especialista alerta sobre os riscos da bolsa térmica na amamentação

amamnteção4

Embora seja muito recomendado, o uso de bolsas térmicas no seio da lactante não é aconselhado por especialistas. Isto porque o uso da bolsa térmica quente ou fria podem provocar queimaduras.

“Aqui no Banco de Leite Humano (BLH) não indicamos o uso da compressa, somente em alguns casos, se a paciente chega com nódulos no seio, recomendamos que ela faça massagem, e a retirada do leite. Compressa somente a fria e para as mães portadoras de HIV ou as que por alguma razão não vão amamentar, nestes casos indicamos a compressa fria para inibir a lactação. Já a compressa morna, não indicamos em nenhuma situação”, explicou Nina Savoldi, enfermeira do Banco de Leite Humano do Instituto Nacional da Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz).

A seguir a especialista responde às principais dúvidas das mamães sobre o uso de bolsas térmicas.

Qual a diferença entre a bolsa térmica morna e a fria?

Nina Savoldi: A fria inibe a produção do leite através da vasoconstrução. A morna causa uma vaso dilatação, podendo aumentar a produção. No entanto, essas compressas podem causar efeito contrário, por isso preferimos a massagem, pois ela ajuda a dissolver os nódulos, sem precisar fazer compressa quente.

Quais são os riscos para a lactante?

O grande problema da compressa quente é que algumas mães, que estão com mastite e usam a este tipo de bolsa térmica começam a ter queimaduras. “Nosso conselho para as mães que estão amamentando e estão com o leite empedrado, é só fazer massagem e tirar o leite, colocar o bebê mais vezes para amamentar em livre demanda, notar se ele está pegando na auréola da forma coreta”, explicou Nina Savoldi. A compressa quente aumenta a produção de leite, por este motivo as mães que estão com leite empedrando por conta da grande produção de leite não devem usar este tipo de compressa.

Qual seria a melhor alternativa ao uso de bolsas térmicas?

A especialista aconselha somente o uso de massagens para auxiliar as mamães que estão tendo problemas com a grande quantidade de produção de leite, assim como, a ordenha e a amamentação em livre demanda do bebê. “Aconselhamos às mamães prestarem atenção nos sinais de fome do bebê, por exemplo, o gemido, ou o lamber da mãozinha, e antes dele começar a chorar, já colocá-lo no peito”, esclareceu ela. Já a bolsa térmica fria é aconselhada apenas para inibição do leite, para mães que não podem amamentar seus bebês.

Página 169 de 188«1 ...165166167168169170171172173... 188Próximo