Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
28 out 2019

RosaApp: aplicativo ajuda mulheres na prevenção do câncer de mama

Muito se fala que a melhoria do atendimento à saúde está atrelada à qualificação profissional. Sim, é realmente necessário qualificar os profissionais para satisfazer a necessidade de quem busca atendimento nas redes pública e privada de saúde. Mas, só qualificar não basta. É preciso que as novas tecnologias sejam incorporadas à rotina dos profissionais.

Foi com esse objetivo que no ano passado a farmacêutica Renata Alcântara criou o RosaApp, um aplicativo que atua na prevenção, no controle e no apoio ao tratamento do câncer de mama ao longo de todo ano e não apenas em Outubro.

O RosaApp traz lembretes sobre mamografia e ultrassom, oferece endereços dos locais mais próximos para realização dos exames, armazena dados para as próximas consultas e oferece dicas sobre hábitos saudáveis e ainda personaliza o cuidado, promovendo a interação com a usuária. Para isso, tem a “Rosa”, um robozinho capaz de conhecer a mulher à medida que o aplicativo é utilizado.

E foram essas funcionalidades do Rosa que atraíram a aposentada Marilene Martins e a servidora pública Gilda Resende. Marilene descobriu o aplicativo recentemente por indicação de uma vizinha. Entusiasmada com a novidade recomendou o novidade às amigas da Igreja de São João Evangelista, no bairro Serra, em Belo Horizonte, onde é uma das voluntárias.

A aposentada mantém uma rotina pesada. Na igreja, participa de oficinas, dos bazares beneficentes ainda canta no Coral. Os cuidados com a casa e com o sítio também ocupam grande parte de seu tempo. “Como estou sempre muito ocupada vi no aplicativo um apoio importante. Com o Rosa vou ficar mais atenta aos cuidados com a minha saúde”, assegura, enumerando os serviços que mais a atraíram no aplicativo: o Rosa me alerta sobre horários dos medicamentos, sobre a data dos exames e o endereço de laboratórios, clínicas e hospitais próximos à minha residência.

Gilda Resende, uma apaixonada por novas tecnologias, também é usuária do Rosa. “O chat bot foi o que mais me atraiu no aplicativo”, diz ela, referindo-se à “Rosa”, a atendente que, na verdade, é um programa de computador. Para esclarecer as dúvidas dos usuários, o programa utiliza-se de inteligência artificial e funciona como uma espécie de assistente que se comunica e interage com os usuários, por meio de mensagens de texto automatizadas.

A satisfação de usuárias como Marilene e Gilda deixam Renata Alcântara otimista com o Rosa. O próximo passo, anuncia, é a municipalização do App. O primeiro município a aderir à ferramenta foi Taquaraçu de Minas. A partir desse mês, os agentes comunitários de saúde deste município da Região Metropolitana de Belo Horizonte passarão a usar o Rosa para fazer busca ativa de mulheres na faixa de risco do câncer de mama.

“O processo de inovação tecnológica na área de saúde, tanto pública, quanto privada, é irreversível. “O custo/benefício é enorme. Impacta também na redução do gasto quanto na resolutividade da atenção integral à saúde”, garante Renata.

Como baixar o RosaApp.

Passo 1: Clique no aplicativo do Google Play (Play Store) em seu telefone.

Passo 2: Busque pela RosaApp. Para isso, clique no espaço em branco, no topo de sua tela e escreva o nome do aplicativo. Para confirmar, clique na lupa do teclado do seu telefone.

Passo 3: Clique em “Instalar”.Passo 4: O aplicativo pedirá acesso a algumas informações. Responda e clique em “Aceitar”.

Pronto. O RosaApp agora é seu parceiro. A sua saúde agradece.

Câncer de mama 

O câncer de mama é o segundo tipo que mais mata as mulheres no Brasil. Se diagnosticado precocemente aumenta a cura e a qualidade de vida das mulheres em até 90%.

25 out 2019

Luisa Mell é atacada nas redes sociais após publicação contra o sacrifício de animais

OPINIÃO. É difícil ir contra o sacrifício quando o Supremo Tribunal Federal (STF) considera a prática constitucional.  E ainda tem a “galera do bem” que acha normal um ser vivo ser sacrificado em nome de uma religião. Geralmente são os mesmos que condenam o sacrifício do Cordeiro de Deus…

“Não tenho palavras, só choro. Em nome de uma religião, de uma crença, em um ritual, esse filhotinho teve as duas patinhas de trás e as orelhas cortadas, lentamente. Conseguimos fazer seu resgate antes de seu ‘sacrifício final’, desabafa Luisa Mell

Qual a finalidade do sacrifício animal em um ritual religioso? Você sabe?

Saiba mais sobre a polêmica envolvendo a ativista da causa animal, Luisa Mell.

24 out 2019

Saiba como usar o primer e minimizar as imperfeições da pele

Arquivado em Beleza, Comportamento

Consultoria Natura Saúde do Meio 

Se você quer tirar proveito do primer na sua make, o primeiro ponto é compreender sua função. “A base foi feita para uniformizar a cor e ele, a textura, preenchendo linhas e poros mais dilatados e deixando a pele visivelmente mais lisa”, afirma a maquiadora Jake Falchi.

O primer – como dá a entender o próprio nome do produto – deve ser o primeiro produto a ser aplicado na pele na hora de se maquiar. “Mas sempre depois do skincare”, alerta Jake. Quer mais? Use na finalização.

A expert ainda conta que alguns produtos, por serem mais densos, podem ser usados para finalizar a maquiagem em algumas regiões mais críticas, como a zona T (testa, nariz e queixo). Segundo ela, esse tipo de primer, quando utilizado na finalização, matifica a pele e diminui ainda mais a aparência dos poros. “Porém é preciso ter cuidado para não retirar a maquiagem já aplicada no local.”

O primer pode ser usado em qualquer estação do ano, mas, como ajuda na fixação da make, ele é ainda mais imprescindível nos períodos mais quentes. “Esse cosmético colabora para manter a maquiagem por mais tempo na pele, controlando o brilho.” Sobre a aplicação, a profissional diz que vale usar os dedos ou um pincel. A questão é só avaliar a consistência do produto e a etapa da make em que se está (preparo ou finalização).

Efeito blur

Depois de tantas dicas, ficou animada para incorporar o primer na próxima vez que for se maquiar? Então aproveite para conhecer o Primer Blur Efeito Instantâneo, de Una. Com fórmula aveludada, ele forma um filme sobre a pele, uniformizando a textura e prolongando a duração da maquiagem.

“Gosto de usá-lo, principalmente, quando a ideia é fazer uma maquiagem leve. Sozinho, ele já causa aquele efeito blur (palavra em inglês que significa desfoque), ajuda a corrigir os poros e controla bem o brilho excessivo da pele”, finaliza Jake Falchi.

Página 4 de 2251 ...12345678... 225Próximo