29 nov 2018

Aberta as inscrições para 1ª Caminhada e Corrida Treino da Saúde da PMMG, em Lavras

Arquivado em Cidade, Comportamento, saúde

pmdezAs inscrições são gratuitas e podem ser realizadas até 30 de novembro de 2018, no PPC-UFLA ou no NAIS/6ª RPM, no horário de 09:00 às 12:00 e 13:00 às 16:00. Os primeiros inscritos que realizarem a doação de 1 Kg de alimento não perecível ou 01 litro de leite longa vida, que será destinada a instituições carentes, ganharão uma camisa alusiva ao evento.

Durante o evento estão programadas atividades integrativas de saúde, que objetivam promover a prática saudável de atividade esportiva.

O Dia Pan-americano da Saúde, comemorado no dia 02 de Dezembro, mobiliza o continente com a realização de campanhas educativas e preventivas para melhorar a qualidade de vida e bem-estar, objetivando alertar a população sobre a importância de cuidar da saúde no dia a dia, de uma forma adequada, ingerindo alimentos saudáveis, praticando esportes, buscando orientação profissional, lazer e sociabilidade; além do respeito às individualidades e às diferenças de cada indivíduo.

Nesse sentido, a PMMG, preocupada em aplicar estes princípios aos beneficiários de seu Sistema de Saúde e com intuito de realizar a integração com a comunidade lavrense e região, reforça o convite a todos para participar da 1ª Caminhada e Corrida Treino da Saúde da 6ª RPM, com vistas à promoção da saúde dos participantes, em especial, da família policial-militar.

O Evento será realizado na Universidade Federal de Lavras, bairro Aquenta Sol, Lavras, Minas Gerais (Largada às 8:00 horas – em frente ao Porto de Policiamento Comunitário da  PMMG no Campus da UFLA.

Por: Assessoria de Comunicação Organizacional da 6ª RPM

24 set 2018

Caminhada encerra mês de prevenção ao suicídio

Arquivado em Cidade, Comportamento

setembro

Uma caminhada pelo Parque Municipal de Belo Horizonte encerrará as atividades da campanha Setembro Amarelo, cujo objetivo é alertar e conscientizar para a prevenção ao suicídio. A atividade será no domingo (30/9/18), das 9 às 12 horas, comandada por voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV), ao som da Banda do Exército.

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em parceria com a Associação Mineira de Psiquiatria (AMP) e os organizadores da caminhada, realizou uma programação especial ao longo do mês. Foi exibido o cine-debate, aberto ao público, com o filme Elena, e a Casa manteve uma iluminação especial amarela, no Palácio da Inconfidência.

O Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, 10 de setembro, foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, a data passou a ser lembrada a partir de 2014.

Desde 2016, a Organização Mundial de Saúde (OMS) passou a considerar o suicídio como “um grande problema de saúde pública”. Dados da instituição indicam que no mundo 800 mil pessoas cometem suicídio todo ano e para cada ato concretizado existiram 20 tentativas frustradas.

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde, através do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), em 2017, mostram um crescimento do índice de suicídios no Brasil. Em 2011, foram 10.490 mortes: 5,3 a cada 100 mil habitantes. Já em 2015 o número chegou a 11.736: 5,7 a cada 100 mil.

O país com mais mortes é a Índia (258 mil óbitos), seguido de China (120,7 mil), Estados Unidos (43 mil), Rússia (31 mil), Japão (29 mil), Coreia do Sul (17 mil) e Paquistão (13 mil).

22 jun 2017

Caminhada pela Água destaca ações sobre uso consciente e reutilização do recurso natural

agua

Diante de um quadro de consumo desenfreado e racionamento de água, a Hidrologia Ideias Sustentáveis, com sede em Betim (MG), fez uma parceria com o Instituto Rondon Minas e com a empresa Sua Árvore Consultoria e realiza em 25 de junho de 2017 a Caminhada pela Água. A ação tem como objetivo conscientizar os participantes sobre a importância do uso da água e da sua reutilização.

O evento também tem o propósito de lembrar o Dia Mundial da Luta Contra a Desertificação e a Seca (17/06). Os participantes percorrerão 3 km de trilhas de mata fechada na região de Nova Lima (MG), acompanhados por guias profissionais. Além de conhecerem um pouco da fauna e da flora da região, os participantes terão ainda uma aula sobre como evitar o desperdício de água e de como reutilizá-la de uma forma simples e econômica.

A Caminhada pela Água é aberta para pessoas de todas as idades e a participação será feita mediante inscrição online no valor de R$12,00. O valor arrecadado com as inscrições será revertido para a compra de galões de água mineral que serão distribuídos para moradores de cidades do Vale do Jequitinhonha (MG), pelo Instituto Rondon Minas.

A realização do evento marcará, também, a inauguração de um centro de discussões sustentáveis para os moradores e ambientalistas de Nova Lima, de Belo Horizonte e Região Metropolitana. O local conta com um amplo auditório onde serão realizados futuros eventos sustentáveis como workshops, palestras e oficinas. Na ocasião, será inaugurado ainda o showroom da Hidrologia.

A engenheira ambiental e diretora da Hidrologia, Isabella Cantarelli, afirma que para evitar que a situação do país se torne mais preocupante em um futuro próximo, é necessário que pequenas mudanças comecem a ser feitas a partir de agora. “Participamos sempre de iniciativas com foco na saúde e na qualidade de vida. A Caminhada pela Água é muito mais do que uma atividade socioeducativa, é uma causa sustentável”. Isabella também destaca a importância dos parceiros. “Todos trabalham com questões ambientais e desempenham um papel de extrema relevância para a realização do evento”.

Para a presidente do Instituto Rondon Minas, a professora Mônica Abranches, iniciativas de mobilização como a Caminhada pela Água podem repercutir e promover uma reflexão sobre o tema, além de incentivar multiplicadores de informação a partir dos participantes do evento. “A temática ambiental é parte de nossa vocação no Projeto RONDON e todas as ações socioeducativas para o fortalecimento de políticas e iniciativas nessa área é de nosso interesse e dos nossos jovens universitários, todos voluntários”, enfatiza.

“Plantar sementes do bem para conseguir uma transformação”. Esta é a expectativa do diretor da Sua Árvore Consultoria, o professor Fábio Pessoa, para a Caminhada pela Água. “Espero que a escolha do local e a forma que as trilhas serão percorridas sensibilizem os participantes para a responsabilidade que todos devem ter com o meio ambiente e com a natureza”, finaliza.

Os eventos surgem em um momento propício para a conscientização sobre o consumo da água. De acordo com pesquisa realizada pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), em 2015, 34 milhões de brasileiros ainda não possuem acesso à água tratada e 100 milhões não contam com o serviço de coleta de esgotos. Antes da crise hídrica de 2014, somente a grande São Paulo consumia 80,5 bilhões de litros mensais e 5,4 bilhões de litros de esgoto são descartados sem tratamento.

Conforme estudo de 2012, realizado pela WWF Internacional, 45% dos brasileiros não estão preocupados em tomar atitudes que possam reduzir o consumo de água e 30% afirmou gastar mais de 10 minutos no banho. Porém, este estudo mostrou que 80% acreditam que podem enfrentar problemas com fornecimento de água no futuro e 68% apontam o desperdício como a causa do problema.

Programação da Caminhada pela Água – Informações AQUI

Página 1 de 212