26 nov 2015

Sociedade Mineira de Terapia Intensiva oferece gratuitamente treinamento de Ressuscitação Cardiopulmonar

Arquivado em saúde

cardio

A Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti) – departamento científico da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), oferece a comunidade em geral, no dia 26 de novembro, de 16h30 às 19h30, o 7º Treinamento em Massa de Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site:www.somiti.org.br. A campanha teve início em julho e segue com cursos mensais. O objetivo é falar e ensinar os procedimentos de um atendimento precoce e correto de vítimas de parada cardíaca súbita. A reciclagem, segundo normas da American Heart Association (AHA), deve ser feita de dois em dois anos.

De acordo com a AHA, mais de 80% das paradas cardíacas súbitas acontecem fora do ambiente hospitalar e uma porcentagem importante delas (quase 15%), ocorre em vias públicas ou em áreas de grande concentração de transeuntes. Destas vítimas, 92% não sobrevivem. Para a gestora de qualidade da Somiti e coordenadora dos cursos Basic Life Support (BLS) e Advanced Cardiovascular Life Suport (ACLS) da AHA, Maria Aparecida Braga, esses casos são assistidos frequentemente por pessoas que não sabem o que fazer frente a uma situação de emergência e são, na maioria das vezes, leigas e de idades variadas. “Essa estatística pode melhorar se o indivíduo que testemunha uma situação de emergência tem a simples habilidade de aplicar corretamente as manobras de reanimação cardiopulmonar”, comenta a especialista em terapia intensiva.

Segundo a enfermeira e coordenadora do programa de Basic Life Support (BLS) da AHA, Érika Azevedo Massimo, as vítimas de mal súbito são com frequência ativas. A parada cardíaca súbita não precisa e nem deve ser sinônimo de morte. “O fato de haver próximo ao vitimado, pessoas que saibam prestar o primeiro atendimento de forma rápida pode significar a diferença entre a vida e a morte”, reforça.

18 ago 2015

Benefícios da horticultura à saúde integral

Arquivado em Comportamento
horta-em-vasos-horta-em-casa

Imagem: Mundo Horta

Já pensou em cultivar hortaliças, plantas medicinais e temperos em casa ou apartamento? Colher manjericão e tomates para a macarronada de domingo, fazer um refogado de couve e cebolas, uma salada caprichada com alface, pepinos, pimentões e brócolis? Além de ser algo simples, a atividade serve como uma terapia e ainda possibilita uma alimentação saudável. Hummmmm já fiquei com água na boca.

A Cartilha Horta em Casa pode ajudar você com técnicas práticas para plantio, manejo e colheita. A iniciativa da publicação é de profissionais da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu, em parceria com a empresa Sodexo.

Clique aqui para acessar a cartilha

Falta de espaço não é desculpa!  É só usar a criatividade! Selecionei duas fotos fofas para inspirar você!

horta 3horta 1

Ainda precisa de uma força extra para começar a colocar a mão na terra? Que tal participar de um grupo no Facebook para trocas e doações de sementes e mudas de árvores frutíferas ou não, arbustos, hortaliças, flores e etc, em Belo Horizonte e região? O biólogo Raphael Lima é responsável pela página TUDO MUDA com dicas preciosas e oportunidades de bons contatos.

DICA 

Dica Mundo Horta:  As plantas são seres vivos! Tenha  paciência e perseverança. Pode parecer a dica mais tola que você nunca ouviu, mais muitas vezes é esquecida. As plantas precisam de cuidados. Na primeira tentativa muitas das plantas não vão dar certo e talvez não recolha nem para fazer uma salada. Tente outra vez, pense que coisa fez errado, pesquise e troque idéias com outras pessoas que já plantaram. Aos poucos você aprenderá e melhorará o estado de sua horta orgânica em vasos.

CURSO

Curso de Plantas Medicinais com a Vera Fróes, em Belo Horizonte! No 1º Módulo ela irá abordar o tema Farmácia Caseira, ensinando a reconhecer e utilizar 30 espécies de plantas do “Pronto Socorro Verde”. Vale a pena!

curso horta

22 jun 2015

USP oferece, gratuitamente, Curso de Escrita Científica

Arquivado em Comportamento
escrita
Para melhorar o nível de qualidade na elaboração de artigos científicos por pesquisadores brasileiros, a  Universidade de São Paulo (USP) – líder em produção científica no país -, lançou o curso online grátis de Escrita Científica: produção de artigos de alto impacto. Formatado para a web e oferecido gratuitamente, o curso tem como objetivo auxiliar pesquisadores e estudantes de pós-graduação na elaboração de artigos de maior relevância acadêmica.

A redação de trabalhos científicos, elaborados para serem publicados em revistas de alto impacto (como a Science, Nature e a Clinics) é um dos gargalos para o crescimento da produção científica das universidades, incluindo a própria USP, afirmou o pró-reitor de pesquisa da instituição Marco Antonio Zago, em reunião recente com dirigentes da universidade. ”A técnica não é dominada amplamente, em especial pelos pesquisadores principiantes e alunos de pós-graduação”, disse  Zago.

É por isso que o curso online de escrita científica foi pensado de forma didática e intuitiva. Desenvolvido pelo professor Valtencir Zucolotto, do Instituto de Física de São Carlos, o curso é dividido em oito módulos e conta com videoaulas que explicam, passo a passo, cada uma das partes que compõem o paper (títulos, introdução, resultados, conclusões). Há um tópico especial sobre a elaboração de textos científicos em inglês.

Além das videoaulas – que podem ser consultadas a qualquer momento -, os interessados ainda contam com apostilas explicativas e materiais didáticos extras, que trazem indicações de obras de referência recomendadas por Zucolotto. Todos os materiais podem ser baixados livremente. O curso, no entanto, não disponibiliza a emissão de certificados.

Acesse o site. AQUI
Página 5 de 512345