19 mar 2019

Saiba como desmistificar o aparecimento da “Momo” nos vídeos infantis de internet

momo

Por Adriano Teles, analista de TI, pai do Arthur e da Helena

Bom, todo mundo falando da Momo, mais uma vez… É, essa parada é sinistra mesmo.  Mas tecnologia é isso aí, infelizmente. Só tenho uma dica: se não pode ficar perto, não deixe usar.  E, por isso, continuo com a minha máxima: não consigo encontrar NENHUM motivo pra uma criança (de até 10 anos) ter um celular. Ninguém consegue me dar uma justificativa plausível. Mas cada um é cada um. Cuidem das suas crianças!

Bom, vamos lá:

Avaliando calmamente (e tecnicamente), tudo isso soa bem fake pra estar na plataforma sim. Sei que existe um tanto de gente má, travestida de doido, pedófilo, psicopata e tudo mais nesse mundo virtual. Sei também que existem bugs que podem ser usados pra substituir um vídeo pelo outro mas isso, pela própria plataforma, é tratado como um vírus e excluído quase que instantaneamente.  Além disso, existem as denúncias que são tratadas por pessoas e não pelos robôs.

Hoje em dia é muito fácil mesmo criar boatos para assustar tudo mundo, principalmente pais e mães. Mas digo, esse caso é um pânico coletivo, gerado por mentiras. Isso nos deixa com vontade de proteger cada vez mais as crianças, deixá-las dentro de uma redoma, se possível. Mas a gente não vai (e não deve) proteger de tudo, o tempo tudo. Aliás, isso não ajuda em muita coisa. Só torna a criança mais frágil, medrosa e sem possibilidades de tomar suas próprias decisões. Temos que ensinar elas à reconhecer riscos, avaliar, e se proteger sozinhas e, quando não der (ou não conseguirem) devem nos procurar.

Umas dicas sérias:
* Tenha conversas regulares com o(s) seu(s) filho(s) – conscientize-os sobre como estar seguro online – e entrem em um acordo sobre quais sites são apropriados para eles e garantir que entendam o raciocínio por trás disso. Eles também precisam saber que podem – e devem – confiar em um adulto se notarem alguma coisa perturbadora enquanto estiverem online;

* Certifique-se de que seu filho entenda que ele não deve “fazer amizade” com alguém online que não conhece na vida real ou adicionar números desconhecidos a seus contatos – as pessoas online nem sempre são honestas sobre quem são e o que querem;

* Ativar configurações de segurança – configurações como a reprodução automática devem ser desativadas e os controles parentais podem ser instalados para ajudar a evitar que as crianças visualizem conteúdo impróprio;

* Faça uso de recursos, como mudo, bloqueio e relatório – isso os protegerá de muitos conteúdos nocivos;

* Nunca compartilhe informações pessoais, como números de telefone, endereços, etc, com pessoas que você não conhece.

Com isso, digo que, devemos sim redobrar nossa atenção nesse mundo vil, mas também temos que fazer nosso “dever de casa” filtrando verdades de mentiras. Tirar nosso medo da frente dos olhos e pesquisar muito sobre tudo. É nosso dever e obrigação. Esse “trabalho” veio junto do nascimento das crianças. Sei que as informações sobre a Momo são perturbadoras, mas é isso que enfrentaremos por anos à fio nessa geração.

Mas e então, como lidar com Momo?

1. Pergunte para seu filho se ele já viu o Momo em algum vídeo. Como ele se sentiu? O que achou?

2. Fale a verdade. Conte para ele que o Momo é uma escultura chamada “Mãe Pássaro” e que não é REAL.

3. Reforce que o Momo não existe. Que ele não tem vida, o que existem são pessoas que querem assustar os outros. Deixe seu filho seguro de que os vídeos NÃO são reais.

4. Explique que não existe possibilidade do Momo (ou das pessoas que fazem o vídeo) saberem quem ele é, onde ele mora ou quem são as pessoas da sua família. REFORCE ISSO!

5. Acolha e dê segurança ao seu filho. Peça para que cada vez que alguém o assuste ou fale sobre o Momo com ele, que ele conte para você. Assim, você o ajudará a enfrentar e superar qualquer medo.

6. Jamais deixe sua criança assistir vídeos sem supervisão. A internet se tornou um lugar sem limites, por isso cabe aos pais dar esse limite.

01 mar 2019

Carnaval: 6 dicas para a maquiagem durar a folia toda

Arquivado em Beleza, Comportamento

carnaval-make-prova-dagua

Ai, que alegria! Com o feriado chegam os bloquinhos de rua, as fantasias e, claro, as maquiagens de Carnaval. Para festejar de acordo com sem medo no calorão da estação, siga algumas dicas para aumentar a durabilidade do visual!

1. Invista em produtos à prova d’água

Como em qualquer outra ocasião com muitas horas de festa, é preciso escolher os produtos ideais. Já que em fevereiro é verão no hemisfério sul, o segredo da make de carnaval que dura a folia toda são os produtos à prova d’água. Invista em máscaras para cílios para aguentar a festa: a make à prova d’água não vai derreter facilmente com o suor.

2. Aposte na pele mais leve (e bem protegida)

O truque primordial da maquiagem de Carnaval que dura o dia todo é uma pele limpa, hidratada, protegida e com cobertura suave. A proteção solar é imprescindível, já que você fica boa parte da folia na rua. Invista em produtos leves e multifuncionais, como o BB Cream. Eles protegem, hidratam e também funcionam como um primer antes da maquiagem, garantindo longa duração. E para quem não abre mão da base a sugestão é escolher produtos com cobertura leve e com proteção solar.

3. Lembre-se dos produtos para levar na bolsa e retocar a make

Se o problema é a sombra que apagou ou o batom que borrou em um beijo, a solução prática é ter à mão produtos multifuncionais que cabem na menor das bolsas. O Batom Mix Tint Matte, de Faces, por exemplo, funciona como sombra, blush ou batom. Um desse resolve muita coisa, não é mesmo?

4. Aposte nos iluminadores

Uma das grandes vantagens do Carnaval acontecer no alto verão brasileiro é que a luminosidade da pele pode ser a protagonista da maquiagem. Para dar ainda mais destaque a pontos-chave do rosto – como as têmporas ou o ossinho do nariz -, não abra mão do iluminador.
Já que é Carnaval, brilhe à vontade! Deposite o quanto quiser do iluminador em pó com um pincel mais gordinho, como o de blush.

5. Contorne os lábios com lápis antes do batom

Ao usar um lápis labial antes de aplicar o batom, você garante que ele não “escape” além do contorno e, de quebra, aumenta a durabilidade da cor nos lábios.

6. E depois da folia? Não esqueça da limpeza e hidratação

Pode ser que você esteja cansada depois de correr atrás do trio ou do bloco por horas a fio. Mas não deixe de remover a maquiagem corretamente, para manter a sua pele saudável nesses dias intensos de sol, suor e maquiagens. Seja com lenços, seja com demaquilante, seja com água micelar, o importante é retirar toda a make, lavar o rosto com o sabonete específico para seu tipo de pele e finalizar com um bom hidratante facial, para ficar pronta para o dia seguinte!

27 fev 2019

Como evitar dez erros comuns ao usar o delineador

Arquivado em Beleza, Comportamento
Divulgação

Divulgação

Você também puxa o cantinho do olho antes de delinear ou fecha os olhos? Então, #tamojunto!

O delineador é um dos produtos – e makes – mais polêmicos do mundo da maquiagem. Entre amar e passar muito nervoso, ele não pode faltar. E, como tudo nessa vida, vamos aprendendo o melhor jeito de conquistar o delineado perfeito!

1. Puxar os olhos para fazer o traço delineado

Esticar a pele e soltar pode criar um resultado muito diferente do que você imaginou. Para garantir um traço linear e sem falhas, resista à tentação de dar aquele puxãozinho no canto do olho ao aplicar o delineador.

2. Fechar um olho enquanto faz o delineado

Mais um movimento “espontâneo” que, na verdade, torna o delineado mais difícil. Isso porque, para acertar o delineado gatinho, o ideal é ficar com os olhos abertos para igualar a altura e curvatura do desenho.

3. Escolher um modelo que não funciona bem para você

Hoje em dia, é fácil encontrar um tipo de delineador que encaixe perfeitamente nas suas necessidades e habilidades. Seja em caneta, seja líquido, procure um produto que torne o ato de delinear mais prático e à prova de erros.

4. Passar o delineador longe da linha dos cílios

A não ser que você queira criar o efeito dramático na make dos olhos, o ideal é sempre delinear rente aos cílios. Se deixar para completar depois, pode ser que o traço fique muito grosso (no melhor estilo Amy Winehouse) – e fica mais difícil deixá-lo perfeito.

5. Não respeitar a linha natural dos seus olhos

Talvez a parte mais difícil da maquiagem seja, com tantas opções, encontrar o que melhor se encaixa no formato dos seus olhos. Por isso, experimente muito e vá equilibrando com as dicas e truques que já conhece. Fique atenta ao formato e tente seguir ao máximo o desenho natural!

6. Usar o curvex depois do delineador

Anote aí: antes de passar máscara para cílios, faça o delineado. Porém, se for usar o curvex, use-o antes do delineador. Quando usado depois, ele pode remover o produto da linha dos cílios, deixando-o desigual. Use o curvex, espere alguns segundos, aplique o delineador e finalize com sua máscara preferida.

7. Não conferir a validade do produto

Esta dica é válida para qualquer produto de maquiagem, sempre! Um dos motivos que atrapalha bastante na hora de acertar o delineado é usar produto vencido. Além de não entregar o resultado prometido, pode causar irritações sérias na pele. Fique de olho e, se preciso, coloque uma etiqueta com o prazo de validade.

8. Aplicar pó compacto depois de delinear

Para selar e finalizar a pele, a última etapa costuma ser aplicar o pó compacto. O cuidado deve ser evitar a região dos olhos, pois pode deixar o delineado com o aspecto opaco e acinzentado.

9. Tentar fazer o traço inteiro do delineado de uma só vez

A não ser que você já esteja muito acostumada com o delineador, tentar fazer o traço de uma só vez pode ser bastante frustrante. Comece delineando aos poucos, de dentro para fora, e complete os espaços que faltaram.

10. Contornar o olho todo se ele for pequeno

Quem não gosta de um olho todo preto poderosíssimo? Seja com o delineador, seja com o lápis, você pode conquistar esse efeito marcante na make para uma festa ou casamento. Porém, quem tem olhos pequenos deve ficar atenta principalmente à linha-d’água. O ideal é delinear apenas até a metade, para criar a impressão de olhos maiores.

Por Natura

Página 3 de 9123456789