14 abr 2021

  O que faz um fisioterapeuta? Conheça mais sobre essa profissão

Arquivado em Comportamento, cursos, saúde

Crédito:
Ryutaro Tsukata

O atendimento fisioterapeuta é bastante amplo e permite que os profissionais se aperfeiçoem até para trabalhar em UTI. Responder então “o que faz um fisioterapeuta” não é para qualquer pessoa, já que existem incontáveis formas de atuar no mercado de trabalho e tecer essa carreira.

Se um paciente está tratando das sequelas que a pandemia Covid-19 deixou em sua vida, o profissional de fisioterapia pode ajudar nessa terapêutica atuando com atendimento de emergência nas unidades intensivas ou até mesmo com a fisioterapia respiratória.

Por isso, neste artigo vamos falar detalhadamente sobre o que faz um fisioterapeuta, além da média de salário desses profissionais, o que eles podem ou não fazer durante o atendimento, além de como se tornar um atuante nessa área.
Se você ficou interessado e está a fim de ingressar e/ou se especializar em áreas da fisioterapia, continue aqui e acompanhe o nosso artigo! Boa leitura.

Afinal, o que faz um fisioterapeuta?

Trabalhar como fisioterapeuta permite que uma pessoa atue em diferentes áreas da saúde. O seu foco principal é atender pacientes com problemas fisioterapêuticos, que passaram antes pela avaliação de um médico ortopedista.
Uma pessoa que sofreu um acidente e precisa recuperar os movimentos do pé, por exemplo, passa pelas mãos do fisioterapeuta para que ele trate desse problema e ajude a recuperar os passos.

A atuação pode ser em clínicas, à domicílio ou até mesmo em atendimentos de emergência de hospitais, UTIs e outros setores de cuidado com o bem-estar do paciente. Sobre a especialização, o profissional pode trabalhar com fisioterapia desportiva, fisioterapia cardiorrespiratória, fisioterapia da segurança do trabalho e outras inúmeras intervenções. Ou seja, quando uma pessoa perguntar “o que é um fisioterapeuta”, saiba que este profissional não se encaixa somente a uma atuação e que pode trabalhar com diferentes casos clínicos, sempre em busca de recuperar a saúde dos pacientes.

Qual é o salário de um fisioterapeuta?

O salário de quem trabalha com fisioterapia varia de acordo com o tempo de experiência e com as especializações do profissional. Quanto mais cursos e aperfeiçoamentos ele tiver, maior será a sua média salarial no mercado de trabalho.

Porém, estima-se que profissionais atuantes nessa área começam ganhando em torno de R $2.000,00. Em relação a algumas atuações mais específicas, como fisioterapia cardiorrespiratória e fisioterapia de UTI, muito provavelmente o salário é maior e destaca-se entre as outras especializações.

É importante lembrar que esta é apenas uma média. Se você está interessado em investir nesse ramo, busque saber em sites de vagas de emprego quais os salários mais ofertados e como profissionais com mais conhecimentos possuem uma renda mais alta.

Divulgação

O que o fisioterapeuta pode e não pode fazer?

É preciso destacar alguns pontos importantes em relação a essa profissão. Muitas pessoas, quando perguntam o que faz um fisioterapeuta, confundem com a atuação dos médicos ortopedistas.

Mesmo que estes dois profissionais possam trabalhar juntos, o serviço que eles fazem é totalmente diferente. O médico ortopedista dá o laudo sobre o que o paciente tem e o fisioterapeuta que realiza o tratamento intensivo para cuidar do problema.

Ou seja, o fisioterapeuta não tem permissão para dar diagnósticos sobre a saúde de uma pessoa. O que ele pode, no máximo, é dizer quando o paciente está melhor e deve voltar ao ortopedista para saber se pode ter alta do procedimento fisioterapêutico.

Como se tornar um fisioterapeuta?

Para se tornar um fisioterapeuta é preciso passar por algumas etapas de formação. A área da saúde exige esse cuidado por parte dos profissionais, já que eles lidam com o bem-estar da população e necessitam de conhecimentos mais aprofundados em relação a possíveis doenças que possam vir acometer uma pessoa.

Com outros ramos que trabalham na saúde também é preciso se ater à formação e dedicar alguns anos de estudo até conseguir um certificado que comprove a atuação na área. Essa é uma prática exigida para que o profissional atue em prol dos cuidados da população.

Por isso, para atuar nesse ramo você precisa antes se formar em:
>> Aproveite e veja o  artigo sobre Aromaterapia: saiba como fazer e conheça 3 principais óleos.
Graduação

Em primeiro lugar, antes de procurar saber o que faz um fisioterapeuta, você precisa entender que é necessário fazer uma graduação para trabalhar nessa área. Existem diversas universidades públicas e privadas no país que oferecem esse curso e que formam pessoas para esse ramo.

Especialização

Além disso, o profissional fisioterapeuta já formado pode se especializar e atuar em outras áreas do atendimento clínico. Isso permite que ele consiga trabalhar em ramos mais específicos e que até mesmo tenha um aumento considerável no seu salário.

Cursos de aperfeiçoamento

Os cursos de aperfeiçoamento também ajudam na atuação do fisioterapeuta. Porém, o foco aqui é de que o profissional otimize as funções e consiga ser um destaque no mercado de trabalho. Se ele trabalha com atendimento cardiorrespiratório, pode procurar cursos com técnicas mais avançadas e que ajudem-o a trabalhar melhor.

Conclusão

Ou seja, concluímos que responder o que faz um fisioterapeuta não é tão simples como parece. Apesar de muitas pessoas confundirem essa profissão com os médicos ortopedistas ou até mesmo com massagistas, a fisioterapia possui a sua própria ciência e procura levar o bem-estar para pessoas que sofrem de problemas fisioterapêuticos.
Para atuar na área é preciso ter graduação e investir em cursos que profissionalizem ainda mais o fisioterapeuta. Quanto mais especializado ele estiver, maiores são as chances de crescer no mercado de trabalho e conquistar salários fenomenais.