16 set 2019

Entre Lugares: livro sobre migração e refúgio é lançado em BH com distribuição gratuita

Com o apoio do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), dia 19 de setembro, às 18h, ocorre o lançamento do livro Entre-lugares, que traz relatos de homens e mulheres migrantes, de 11 países do mundo, que tiveram como destino o Brasil. A cerimônia será no auditório da PUC Minas (campus Praça da Liberdade), na Rua Sergipe, 790, em Belo Horizonte. A primeira edição do livro impresso será distribuída gratuitamente no dia do lançamento.

A obra é das jornalistas Paula Dornelas e Roberta Nunes, e organizada por Duval Fernandes e Maria da Consolação Gomes de Castro, professores da PUC Minas. Cada capítulo conta com pinturas da artista Yanaki Herrera e fotografias de Luiza Gontijo. Entre-lugares tem apoio do Curso de Serviço Social por meio Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão Direitos Sociais e Migração (GIPE-DSM) e do Programa de Pós-Graduação em Geografia por meio do Grupo Distribuição Espacial da População (GEDEP), ambos da PUC Minas.

O livro foi produzido ao longo de dois anos, com objetivo de contribuir para a visibilidade de pessoas migrantes e refugiadas e dos contextos sociais, culturais, políticos e econômicos de seus países de origem, bem como para abordar aspectos do acolhimento à migrantes e as políticas públicas voltadas para esse público no Brasil. Entre as histórias, está a de Maha Mamo e Souad Mamo, nascidas no Líbano, porém sem pátria, que se refugiaram no Brasil. As irmãs foram as primeiras pessoas reconhecidas como apátridas na história brasileira, tendo conquistado a nacionalidade brasileira em 2018. Com narrativas que mesclam a literatura e o jornalismo, a obra traz os relatos de pessoas nascidas no Peru, Palestina, Argentina, Haiti, Bolívia, China, República Democrática do Congo, Líbano e Síria.

Exposição fotográfica e artística

O evento contará com exposição das fotografias e pinturas contidas na obra. A fotógrafa Luiza Gontijo (Assistente Social) acompanhou e fotografou as entrevistas e encontros realizados com os migrantes e refugiados ao longo dos últimos anos. As fotografias serão expostas no evento do dia 19/09. A artista visual Yanaki Herrera também foi responsável por retratar, porém em tinta à óleo, as histórias contidas no livro. O trabalho resultou na série de pinturas Senderos, que também será exposta durante o lançamento de Entre-lugares.

11 jun 2018

Lançamento da Revista OVNI Pesquisa: um novo olhar sobre a Ufologia

Arquivado em Cidade, Comportamento, Ufologia

34811328_2164529896922964_1706283540540293120_n
Por: Sérgio Santana*

No decorrer da nossa trajetória no planeta Terra, nós, seres humanos, temos testemunhado, em variados locais e tempos históricos, a aparição de fenômenos para os quais não temos encontrado uma explicação razoável e definitiva dentro da nossa lógica.

Como consequência direta desta ausência de justificativa para tais fenômenos – que foram elevados ao patamar de uma ciência, a Ufologia – cujos relatos só têm aumentado na mesma proporção do avanço dos meios de comunicação, e em que pese o fato de que aqueles fenômenos levaram numerosos governos a instituírem órgãos investigativos acerca dos mesmos, catalogando e pesquisando as suas características e as circunstâncias em que ocorrem, há muito tempo a Ufologia tem sido objeto de publicações e “investigações” que só tem contribuído para aumentar a sua fama de “ciência fantástica”, atribuindo-lhe um caráter exótico que está a anos-luz da seriedade com que deva ser encarada.

É esta seriedade que a revista “OVNI Pesquisa” se propõe a resgatar e enaltecer, através de artigos escritos por especialistas nos temas atinentes à Ufologia (tais como observação em espaço aberto, objetos voadores e outros) de modo a não somente esclarecer esta ciência, mas igualmente a aproximá-la do público cada vez mais, assim permitindo que os fenômenos relacionados a ela deixem de ser considerados inacessíveis e passem a ser objeto de discussão ampla e natural.

Uma amostra inequívoca da sua seriedade reside no fato de que já na edição de estreia a “OVNI Pesquisa” traz, dentre outras matérias diferenciadas das que geralmente caracterizam o tema, uma entrevista com nada mais nada menos que o Coronel-Aviador da Força Aérea Brasileira na reserva Marcos Pontes, que entrou para a História nacional como o primeiro astronauta do Brasil. Um profissional da sua categoria, reconhecido internacionalmente, só tem a agregar à publicação e, obviamente, a sua participação acrescenta responsabilidade aos seus idealizadores, no sentido de se esforçar continuamente para desmistificar a Ufologia e proporcionar-lhe a devida importância.

Portanto, se a “OVNI Pesquisa” puder ser considerada como uma publicação que contribua para o início da mudança da visão que erroneamente se construiu sobre a Ufologia no Brasil, o seu corpo editorial e respectivos consultores começarão não apenas a sentirem-se recompensados na missão a que se propuseram, mas terão o redobrado a sua motivação em continuar buscando se aperfeiçoar cada vez mais no sentido de oferecer uma perspectiva da Ufologia à altura da sua relevância enquanto ciência, colocando-a ao alcance de todos.

*Bacharel em Ciências Aeronáuticas (Universidade do Sul de Santa Catarina, UNISUL); Pós-graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC-MG)

34881920_2164529886922965_2096008237324173312_n