04 mar 2016

Lancheira térmica conquista cada vez mais adeptos da alimentação saudável

lancheira_bonita2

Divulgação

 

Por: Aline Penedo – Equipe de Nutrição Alessandra Feltre

A correria dos tempos modernos tem feito com que muitas pessoas busquem diversas alternativas que possam auxiliar na hora de fazer uma dieta. Os dias completamente tomados por tarefas do trabalho e da casa têm diminuído cada vez mais o tempo para se dedicar à alimentação de forma adequada. Além disto, nem sempre é fácil encontrar lugares que ofereçam refeições equilibradas.

Tudo isto faz com que as pessoas que desejam realmente seguir uma dieta busquem driblar essas situações recorrendo às marmitas para realizar lanches ou até grandes refeições, como o almoço. Tendo em vista esta mudança de comportamento, o ato de “marmitar” chegou com força total e vem ganhando cada vez mais adeptos. O que muita gente não sabe é que o hábito de preparar marmitas, além fazer bem para a saúde e ajudar na dieta, traz mais dois grandes benefícios:

. Economia – Preparar as refeições em casa geralmente tem custo mais baixo do que realizá-las na rua (restaurantes ou lanchonetes);

. Asseio – Ter controle de como o alimento é preparado e ainda conseguir dosar as quantidades de todos os ingredientes que vai colocar na marmita. Isso evita cair em tentações e comprar alimentos que não estão na dieta – este ponto ajuda muito a manter a disciplina.

E quais são as dicas mais importantes que devem ser levadas em consideração na hora de montar a marmita?

. Se já houver um acompanhamento nutricional, seguir exatamente o que foi prescrito, obedecendo as quantidades e os grupos alimentares indicados. O exagero ou a falta de nutrientes pode afetar o resultado dos objetivos desejados;

. Se não houver acompanhamento nutricional, o indicado é evitar grandes quantidades de alimentos ricos em carboidratos e gorduras e investir em saladas e legumes, carnes grelhadas e frutas;

. Para o almoço/jantar, deve-se usar um vasilhame para saladas cruas (que devem ser temperadas na hora, para não murchar) e outro para alimentos cozidos que podem ser esquentados no micro-ondas;

. Devem ser utilizadas lancheiras térmicas para que os alimentos não estraguem durante o transporte (algumas são vendidas com sachê de gelo reutilizável);

. Tomar muito cuidado com a temperatura de armazenamento de alimentos perecíveis como o iogurte, derivados do leite, frango, entre outros. Eles devem ser mantidos refrigerados em lancheiras térmicas ou geladeira.

No mais, é só preparar a marmita na noite anterior ou logo pela manhã para que não se esqueça de nada e aproveitar os benefícios que ela trará.