09 maio 2020

Jiló é um grande aliado contra o mau hálito

Arquivado em Uncategorized

Sou vegetariana há 8 anos. Foi uma das escolhas mais importantes da minha vida. Os motivos são vários: saúde renovada; amor ao meio ambiente; preocupação com a vida dos animais e uma vivência espiritual mais coerente com os princípios éticos planetários. Com o novo estilo de vida, minhas preferências alimentares mudaram. As carnes desapareceram e o sabor amargo do jiló entrou na minha vida com todo louvor. Que delícia!

Você sabia que o jiló é uma fruta? Sim, meus amores! O jiló é uma fruta, parente da berinjela, do pimentão e do tomate. Maravilha! São vários benefícios para manter a saúde em dia, mas algumas pessoas precisam ter cautela ao consumí-lo, por conta da quantidade de ferro.

O Jiló possui nutrientes como vitaminas A, C e do complexo B, minerais como cálcio, ferro, potássio, magnésio e fósforo, além de muitos flavonoides. Ajudar a emagrecer, é um dos principais benefícios, segundo muitos, porque o jiló é pouco calórico,  rico em água (aproximadamente 90% do alimento) e promove a sensação de saciedade.

Talvez poucas pessoas saibam, mas o jiló é um grande aliado contra o mau hálito, por conta do amarguinho característico do alimento. O consumo do jiló estimula as glândulas salivares que possui ação bactericida, colaborando para controlar o hálito desagradável.

04 maio 2020

Melhor morrer de vodca que de tédio!

Mais fragmentos pelos ares de uma quarentena que parece durar uma eternidade…

Os momentos de recolhimento são ideais para repensar velhos costumes, geralmente no período da madrugada, por volta das 3:33 horas;

Mudar os comportamentos cristalizados em nossa mente não é nada fácil, principalmente no início da manhã;

Adquirir um novo hábito também não é uma tarefa tão simples assim. Só funciona nos livros de autoajuda em promoção;

Estamos consumindo mais bebidas alcóolicas, principalmente quando rola uma live nas redes sociais;

Para muitos, a frase faz muito sentido: Melhor morrer de vodca que de tédio! (Vladimir Maiakóvski)

Reclamamos do distanciamento social, mas ficamos, constantemente, irritados com as pessoas que dividimos o mesmo teto;

A ostentação nas redes sociais alimenta a frustação de muitos;

A teoria do medo continua norteando os especialistas mais cartesianos, geralmente comentaristas das grandes emissoras de TV;

Quarentena na casa de praia é mais legal;

Programas de TV chatos estão ainda mais chatos com as lives;

11 nov 2019

Conheça a primeira empresa brasileira de cosméticos a receber uma Patente Verde

Divulgação

Patente foi concedida a tratamento que aproveita biomassa para criar cosméticos

A Natura se tornou a primeira empresa brasileira de cosméticos a receber uma Patente Verde, iniciativa do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) que reconhece tecnologias voltadas para o meio ambiente.

A patente foi concedida a um tratamento desenvolvido por pesquisadores do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e da Natura. O procedimento aproveita a biomassa gerada a partir da extração do óleo de oleaginosas como insumos de produção da companhia.

Segundo a Natura, anteriormente, a biomassa gerada como resíduo era utilizada para compostagem de solo. Agora, ela será inserida em um novo produto a ser lançado em 2020.

A descoberta faz parte do projeto Visão de Sustentabilidade 2050 da Natura. O projeto foi apoiado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII). O registro junto ao INPI garante à Natura exclusividade de produção e venda da inovação durante os primeiros anos.

“É uma grande conquista relacionada à economia circular, pois desenvolvemos uma técnica de uso integral de sementes da biodiversidade brasileira. O que antes virava adubo, agora gera uma oportunidade em outra cadeia produtiva”, explica Roseli Mello, diretora de Inovação da Natura.

Conheça os produtos na minha loja virtual Consultoria Saúde do Meio

Página 1 de 1212345... 12Próximo