26 fev 2019

Incorporação da Escola de Saúde pela SES é pauta na Assembleia de Minas

Arquivado em Uncategorized
SIND-SAÚDE/MG

SIND-SAÚDE/MG

Debater os impactos do Projeto de Lei (PL) 368/19, que incorpora a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG) à estrutura da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Esse é o objetivo de audiência pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) que será realizada nesta quarta-feira (27/2/19), às 10 horas, no Plenarinho II. A reunião foi solicitada pelo deputado Doutor Jean Freire (PT).

O PL 368/19, de autoria do governador Romeu Zema, integra a proposta de reforma administrativa do Estado. Segundo a proposição, as competências da ESP-MG serão exercidas pela SES e a escola integrará a estrutura organizacional da secretaria e terá status de subsecretaria.

“É de suma importância que a sociedade tenha acesso às várias informações e a dados que permeiam esse assunto. Também é relevante que sejam ouvidos os profissionais que trabalham, as pessoas que estudam e as que são atendidas pela Escola de Saúde Pública, e que eles deem sua contribuição nesse processo. Além disso, apesar da atual situação financeira do nosso Estado, não é o momento de diminuir a autonomia e a atuação da escola e sim de empoderá-la, de fortalecê-la”, ressalta Doutor Jean Freire.

Justificativa – Em mensagem que encaminhou o projeto, recebida pelo Plenário no último dia 6 de fevereiro, o governador justificou que a proposição integra o processo de readequação da estrutura orgânica da administração pública do Poder Executivo, o qual visa à otimização dos gastos.

Ainda segundo a justificativa, a iniciativa pretende garantir maior alcance e efetividade no desenvolvimento de políticas públicas referentes ao ensino, à educação, à pesquisa e ao desenvolvimento institucional e de recursos humanos no Sistema Único de Saúde (SUS).

No texto, também foi destacado que os direitos dos servidores efetivos da atual estrutura da ESP-MG serão mantidos. Já os cargos das carreiras de técnico e de analista em Educação e Pesquisa em Saúde serão transferidos para a SES.

Reforma administrativa – Também integra a reforma administrativa o PL 367/19, que estabelece a estrutura orgânica do Poder Executivo e propõe a redução de secretarias de Estado e a extinção de cargos em comissão, gratificações e funções gratificadas, entre outros aspectos.

Na justificativa desse projeto, o governador enfatiza que a finalidade é estabelecer um novo modelo organizacional, tendo em conta o atual estado crítico das finanças públicas no Estado.

Escola – Segundo o site da instituição, a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais foi criada em 1946 e é uma escola de governo de ensino e pesquisa, formadora e qualificadora de recursos humanos para o Sistema Único de Saúde (SUS). Apenas profissionais que atuam no SUS podem se inscrever nos cursos desde que haja demanda prévia do órgão em que trabalha.

*Assessoria de Imprensa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

11 fev 2019

Hospital em Coronel Fabriciano se destaca na realização de cirurgias eletivas em Minas

Arquivado em Cidade, saúde, SUS

sus3

A Prefeitura de Coronel Fabriciano divulgou o trabalho positivo do município na realização de cirurgias e consultas especializadas, com médicos especialistas em cirurgias. Desde sua reabertura em 2017, o Hospital Doutor José Maria Morais (HJMM) vem se destacando pelo seu perfil cirúrgico e tem sido um dos hospitais que mais realiza procedimentos desse tipo no Leste de Minas Gerais. De acordo com dados do Ministério da Saúde, foram realizadas, nos últimos dois anos, 981 cirurgias, entre urgências e eletivas (programadas). Desse total, 326 cirurgias eletivas foram realizadas no HJMM, que se tornou um dos centros cirúrgicos mais importantes de Minas Gerais.

Segundo o gerente da Secretaria Municipal de Saúde, Mak Lenon, o empenho da administração municipal tem sido crucial para os bons resultados. Do ponto de vista de cirurgias eletivas, entre os hospitais 100% SUS, o HJMM é o terceiro maior das cidades do interior do Estado de Minas Gerais em realizações de cirurgias. Só ficou atrás dos hospitais municipais de Santa Luzia e de Contagem.

Segundo informações da prefeitura, nos próximos meses, depois do processo de credenciamento de profissionais, o hospital vai disponibilizar para a população cirurgias de catarata, cirurgias de otorrino e especialidades cirúrgicas para a mulher. “Estamos felizes pelos bons resultados, o que comprova a eficiência dos serviços prestados pelo hospital municipal da cidade. Apesar das dificuldades financeiras, vamos continuar avançando continuamente, sempre com o objetivo de melhorar o serviço público de saúde em nosso município”, afirma Lenon.

05 fev 2019

Santa Casa de BH abre inscrições para o curso de cuidador de idoso

Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

A Santa Casa BH Ensino e Pesquisa está com inscrições abertas para o curso de Cuidador de Idosos. As aulas terão início entre os dias 16 e 19 de março. As vagas são para os turnos da manhã, tarde e noite e aos sábados. A capacitação de 80 horas possibilita os participantes a trabalharem como cuidadores de idosos, utilizando recursos disponíveis no âmbito domiciliar e institucional. O investimento é de R$ 80 (matrícula) e duas parcelas de R$ 230 – com material didático incluso. As inscrições devem ser feitas no site santacasabh.org.br/ver/iep. Informações: (31) 3238-8672 | 3238-8601.

Página 2 de 27123456... 27Próximo