18 nov 2020

Segurança Pública Integrada: Processo criminal digital é finalista do prêmio Conip 2020

Arquivado em Cidade, Comportamento

Foto: Página oficial Facebook da Polícia Civil de Minas Gerais

O projeto “Processo criminal digital no âmbito das prisões em flagrante” é finalista do prêmio Conip 2020. Funcionando desde março de 2020 no PCnet, ele está contribuindo para aumentar a confiabilidade, a segurança e a celeridade das investigações em Minas Gerais.

A solução foi desenvolvida pela Prodemge, em parceria com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O objetivo foi integrar de forma eletrônica estas duas entidades e, com isso, digitalizar todo o processo criminal de Minas Gerais referente a prisões em flagrante, unificando a Polícia Militar, a Polícia Civil, o sistema prisional, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público e a Defensoria Pública.

O resultado do vencedor do prêmio será divulgado durante o Conip – Congresso de Inovação no Poder Judiciário e Controle, que acontecerá virtualmente de 1º a 4 de dezembro.

Crédito: Página Oficial (Facebook) da Polícia Civil de Minas Gerais

25 mar 2020

Brasília: começou como um sonho bom e, em abril, completa 60 anos

Arquivado em Uncategorized

No dia 21 de abril de 2020, Brasília será uma sexagenária. São 60 anos de muitas histórias. Fico toda arrepiada só de pensar na energia que vai rolar na terra de todos. Amo tudo isso. Amo, em especial JK, o homem que sonhou e projetou a capital do Brasil. São várias conexões que me unem ao presidente pé de valsa: temos o mesmo sobrenome Oliveira; amamos aviões, somos sonhadores; admiramos profundamente a Polícia Militar de Minas Gerais; acreditamos na humanidade; amamos nossas origens; a minha mãe também foi professora; meu pai também foi militar; pensamos no povo; trabalhamos pela saúde da população… além de outras conexões mais íntimas e indecifráveis – que ainda não consigo entender todas as teias de ligação.

Conhecido como JK, Juscelino Kubitschek de Oliveira  foi prefeito de Belo Horizonte (1940-1945), governador de Minas Gerais (1951-1955), e presidente do Brasil entre 1956 e 1961. Foi o primeiro presidente do Brasil a nascer no século XX e foi o último político mineiro eleito para a presidência da república pelo voto direto.

Kubitschek nasceu nas hospitaleira cidade de Diamantina, Minas Gerais, no dia 12 de setembro de 1902, filho de João César de Oliveira e de Júlia Kubitschek. Seu pai, após vivências no garimpo, foi delegado de polícia e fiscal de rendas do município, embora tenha-se dedicado, primordialmente, à profissão de caixeiro-viajante. Sua mãe, professora primária desde 1898, lecionava no distrito de Palha, percorrendo a pé, diariamente, extensa distância.

Como presidente, Juscelino lançou o Plano Nacional de Desenvolvimento, também chamado de Plano de Metas. Foi o poeta Augusto Frederico Schmidt – conselheiro de JK na Presidência da República – quem criou o slogan “Cinquenta anos em cinco”, que caracterizou o governo de JK e seu Plano de Metas: energia, transporte, alimentação, indústria de base e educação.

JK estudou medicina em Belo Horizonte, formando-se em 1927. Posteriormente, fez pós-graduação e estágio complementar em Paris e Berlim, em 1930, especializando-se em urologia. Após ser nomeado capitão-médico da Polícia Militar de Minas Gerais, serviu como médico durante a Revolução Constitucionalista de 1932, trabalhando junto às tropas mineiras. Sua carreira política começou em 1934, quando foi nomeado chefe da Casa Civil de Minas Gerais. Posteriormente, chegou ao posto de tenente-coronel médico da Polícia Militar de Minas Gerais.

Enquanto médico, em 1931, foi nomeado para integrar o corpo de médicos do hospital militar da forca publica do estado de minas gerais. Em 1932, JK foi capitão-médico na Revolução Constitucionalista.  Em 1938, Juscelino foi promovido a tenente-coronel da Forca publica e nomeado chefe do Serviço de Cirurgia do Hospital Militar

A Polícia Militar teve teve nos seus quadros pessoas como o Alferes Tiradentes e, mais recentemente, o nosso ex-Presidente Juscelino Kubitschek, que era tenente-coronel da Polícia Militar. Passaram pela PM, também, o escritor Guimarães Rosa e o Coronel Fulgêncio, sendo este considerado “herói da corporação”, morto na Revolução de 1932.

Acredita-se que a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais é a instituição mais antiga, e uma das mais bem preparadas dentre todas as Polícias do Brasil, com mais de dois séculos de atuação.

28 ago 2019

Polícia Militar de Minas Gerais realiza semana da saúde, em Sabará

Desde segunda-feira (26/08)  até sexta-feira (30/08), policiais militares participam da 2ª Semana da Saúde do 61º Batalhão, em Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A solenidade de abertura teve a presença do Diretor de Saúde da Polícia Militar Sr. Coronel Welson que enfatizou sobre os importantes trabalhos realizados no Hospital da Polícia Militar e nos NAIS das unidades. Tenente Coronel Mauro comandante do 61º BPM agradeceu a importante presença do Coronel e o homenageou com o troféu do Guardião da Vila Real.

A solenidade prosseguiu com os oficiais da área de saúde qu palestram sobre os seguintes temas: “Periodontia e Implantodontia”, ministrada pelo Major QOS Seabra; “Qualidade de Vida” ministrada pelo 2 º Ten QOS Guenael; e “Comunicação não Violenta”, ministrada pela 2º Ten QOR Silvia.

Ao longo da semana serão realizadas outras atividades como vacinação, medição de pressão arterial, bioimpedância e palestras sobre higienep bucal destinada ao público infantil. E para fechar a semana, a tropa participará de um “aulão” de Aeroboxe comandada pelo Ten Roberto Silva e posteriormente correrão pelas ruas da cidade.

Major Ivana, Chefe do NAIS do 61º BPM, disse que objetivo das atividades da Semana da Saúde é despertar e conscientizar os policiais para o autocuidado. Iniciativas como essas podem resultar no aumento da higidez física e mental da tropa com reflexos positivos na qualidade de vida.

Crédito: Polícia Militar de Minas Gerais

Página 1 de 41234