Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; afcwidget_perfil has a deprecated constructor in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions/widgets.php on line 40

Deprecated: Function create_function() is deprecated in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions/widgets.php on line 103

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu_Dropdown::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_lvl(&$output, $depth = 0, $args = NULL) in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions/funcoes-gerais.php on line 52

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu_Dropdown::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker_Nav_Menu::end_lvl(&$output, $depth = 0, $args = NULL) in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions/funcoes-gerais.php on line 52

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu_Dropdown::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = NULL, $id = 0) in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions/funcoes-gerais.php on line 52

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu_Dropdown::end_el(&$output, $item, $depth) should be compatible with Walker_Nav_Menu::end_el(&$output, $item, $depth = 0, $args = NULL) in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/functions/funcoes-gerais.php on line 52

Deprecated: O método construtor chamado para WP_Widget em afcwidget_perfil esta depreciado desde a versão 4.3.0! Utilize __construct() no lugar. in /home/saudedom99/public_html/wp-includes/functions.php on line 5304
racismo ◂ Saude do Meio
Notice: Undefined index: imgPadrao in /home/saudedom99/public_html/wp-content/themes/temabase_mLuv1.1/inc/head.php on line 26
25 out 2019

Luisa Mell é atacada nas redes sociais após publicação contra o sacrifício de animais

OPINIÃO. É difícil ir contra o sacrifício quando o Supremo Tribunal Federal (STF) considera a prática constitucional.  E ainda tem a “galera do bem” que acha normal um ser vivo ser sacrificado em nome de uma religião. Geralmente são os mesmos que condenam o sacrifício do Cordeiro de Deus…

“Não tenho palavras, só choro. Em nome de uma religião, de uma crença, em um ritual, esse filhotinho teve as duas patinhas de trás e as orelhas cortadas, lentamente. Conseguimos fazer seu resgate antes de seu ‘sacrifício final’, desabafa Luisa Mell

Qual a finalidade do sacrifício animal em um ritual religioso? Você sabe?

Saiba mais sobre a polêmica envolvendo a ativista da causa animal, Luisa Mell.

27 maio 2015

Aliso não, mãe!

Arquivado em Comportamento

aliso não

A mineira Carolina Monteiro, de apenas 8 anos de idade, está dando aulas de autoestima contra o preconceito na internet. A pequena garota usa seu canal no YouTube para mostrar sua identidade e beleza e rebater críticas dos coleguinhas da escola sobre seu cabelo black power.

Fique de olho!

A busca por novas técnicas de alisamento de cabelos é rotina nos salões de beleza, até mesmo quando os clientes são crianças. Desde que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a utilização do formol nestas técnicas em 2009, surgiram diversas novas escovas e com diferentes nomenclaturas. A novidade que vem sendo divulgada é a escova de aminoácidos, que promete não agredir os fios e pode ser usada até por grávidas e crianças. No entanto, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) alerta que o aminoácido, por si só, não promove o alisamento, o que provavelmente ocorrerá com a associação de uma outra substância ou a conversão dessa em formol, quando o cabelo é submetido ao calor.

Saiba mais sobre os riscos do alisamento de cabelos com formol. Anvisa

Racismo na universidade

A estudante de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB) Lorena Monique resolveu trazer à tona a discussão sobre o racismo presente no dia a dia acadêmico. Inspirada na campanha organizada por alunos negros e negras da Universidade de Harvard (EUA), a aluna desenvolveu um ensaio fotográfico com pessoas que transitavam pelo campus e pediu que elas posassem com frases preconceituosas que já ouviram.

A ideia é mostrar como a discriminação, mesmo que de forma velada, tem consequências devastadoras para quem passa por isso todos os dias. Veja o ensaio completo aqui.

cabelo

Pular para a barra de ferramentas