25 jun 2015

Games podem mudar comportamentos e cuidar do corpo

Ronaldo-Gazel-02

Gamificação pode mudar comportamentos e ajudar a cuidar do corpo. Entrevistei  Ronaldo Gazel, especialista em inovação e interatividade. Ele tem vasta experiência prática e teórica na criação e desenvolvimento de ações de marketing digital focadas em gamificação e tecnologias emergentes, tendo atendido, com sua expertise, a alguns dos maiores players do mercado nacional com grande sucesso.

Em entrevista exclusiva para o blog Saúde do Meio, ele ressalta que a interatividade oferecida pelos novos games ajudam a reduzir peso, controlar os batimentos cardíacos, oferecer alternativas de uma alimentação mais saudável e entrar em forma. Ele cita, por exemplo, o game RUN ZOMBIE RUN, o aplicativo MOVA MAIS  e os relógios inteligentes como formas divertidas de praticar atividades físicas de maneira lúdica e inovadora.

Ronaldo revela ainda que está em fase de desenvolvimento de um game na área da saúde que pretende premiar os mais esforçados. O usuário saudável pode ganhar uma aventura, como pular de paraquedas. Confira.

RUN ZOMBIE RUN

Exercite-se. Fuja dos zumbis. Torne-se um herói. Junte-se a 800 mil corredores em uma aventura épica que motiva a correr mais longe e mais rápido do que nunca — seja você um novato ou um expert. A proposta do game Run Zombies Run! é mergulhar em um jogo e em uma história cheia de ação misturada com sua própria música. Pode ser usado em qualquer cenário, mesmo que você esteja se movimentando em um parque ou correndo ao longo de uma trilha. Há perseguições de zumbis que o forçam a acelerar — ideais para quem quer um treino mais sério.

MOVA MAIS

Mova Mais é uma nova plataforma brasileira que oferece diversos benefícios ao fazer exercícios físicos, com a “troca” das calorias queimadas por milhas de passagens aéreas, diárias em hotéis, ingressos de cinema, prêmios etc. Na verdade a iniciativa é uma plataforma que se conecta a outros apps de monitoramento de atividades físicas.