16 jul 2019

3ª Edição da Expo-Hospital Brasil reúne grandes nomes e empresas da saúde em BH

Arquivado em Cidade, Comportamento, saúde

Divulgação

O setor da saúde passa por constantes mudanças todos os anos no Brasil e no mundo. Não é à toa que a atualização precisa ser contínua para acompanhar o ritmo deste segmento. E, quando se trata deste mercado, para que todos os usuários da saúde consigam usufruir e obter o melhor atendimento, é fundamental que as instituições de saúde conheçam e tenham acesso aos lançamentos do setor e os profissionais da saúde tenham a oportunidade de se atualizarem. Pensando exatamente nisso, a Expo-Hospital Brasil tornou-se um dos principais eventos que reúne todas essas possibilidades e muito mais.

Em sua terceira edição, a Expo-Hospital Brasil 2019 acontecerá de 11 a 13 de setembro, na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte e reunirá os últimos lançamentos das principais empresas do País no que se refere aos equipamentos, produtos, serviços, tecnologia e demais soluções que hospitais, clínicas, laboratórios, consultórios médicos e demais unidades de saúde necessitam para ter excelência no serviço que prestam. Além disso, diversas palestras acontecerão durante a Expo-Hospital Brasil com grandes nomes do setor. Os visitantes também poderão participar das palestras e/ou da Feira que reúne as principais marcas do País.

E não para por aí! Nesta edição, junto à Expo-Hospital Brasil, serão realizados os principais congressos brasileiros da saúde. Entre eles, o III Congresso Brasileiro de Gestão de Clínicas e Consultórios, o III Congresso Brasileiro de Gestão Hospitalar Privada, o IV Congresso Brasileiro de Enfermagem, III Congresso Brasileiro de Gestão da Saúde Pública, além de diversas outras opções para adquirir conhecimento.

Em breve, a programação completa, com horários e demais informações estarão disponíveis no site oficial do evento: AQUI 

26 jun 2019

Você é um coffee lover? Então seja bem vind@!

Arquivado em Comportamento

Tomar um cafezinho quente e amargo, logo pela manhã, me deixa pronta para os desafios durante o dia. É bom demais da conta! Mas melhor ainda é saber que o café produzido em Minas Gerais é reconhecido em todo planeta pela qualidade dos grãos. Somos apreciados e premiados. Preciso dizer: sou uma coffee love. Na verdade, nós brasileiros amamos a bebida. Segundo estimativas, 97% dos brasileiros tem o costume de consumir o café em algum momento do dia.  O país é o segundo maior consumidor da bebida, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Fique ligad@!

Minas Gerais premiada na França

😊 Bacana demais! A mineira Daniela Capuano foi premiada na França e recebeu uma medalha das mãos de Emmanuel Macron. Ela é torradora café e fez parte do seleto grupo dos “230 profissões consideradas artesanais”.

Fonte: Revista Expresso Viver de Café

Prêmio

No pequeno município de Cristina, no Sul de Minas Gerais, se encontra a fazenda de Sebastião Afonso da Silva, produtor responsável por bater o recorde de pontuação no Cup of Excellence, principal concurso internacional da qualidade dos cafés.

Recorde

O Brasil é o maior produtor mundial de café. Em maio, foram 3,5 milhões de sacas, segundo dados do Conselho dos Exportadores de Café (Cecafé).

Turismo impulsiona café especial na Serra da Mantiqueira em Minas Gerais

“Pela Rota do Café Especial é possível ainda sobrevoar a área por meio de balões, que decolam da Fazenda Sertão, em cima do terreiro de café. As cenas da Serra da Mantiqueira, quadriculada ora por cafezais, neblina e uma exuberante floresta são belíssimas. E o balão, muitas vezes, desce em uma fazenda de café. A reportagem da Globo Rural fez o passeio e pousou na Fazenda Água Limpa, em Cristina, cidade que ganhou esse nome em homenagem à princesa Isabel, que já se hospedara por essas paragens. “Depende muito do vento, mas o balão já parou aqui quatro vezes”, diz o fazendeiro Jorge Makssur, cuja família planta café há mais de 80 anos. A fazenda produz mais café popular vendido no Brasil, mas tem uma pequena produção de café especial. A propriedade, no entanto, ainda não faz parte do projeto da Rota do Café Especial”. Leia a reportagem completa  AQUI  

Semana Internacional do Café. Expominas. Belo Horizonte

A Semana Internacional do Café (20 a 22 de novembro) é um encontro de cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores.

O evento acontece na capital do maior Estado produtor do Brasil – Belo Horizonte – e apresenta diversas ações a milhares de profissionais do mundo focadas nas áreas de Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação e Negócios & Empreendedorismo.

Aplicativo

The Coffee Match: primeira plataforma de relacionamento digital para aproximar o mercado de café e os coffee lovers (pessoas que buscam cafés especiais de alta qualidade). Ao acessar o aplicativo, disponível para dispositivos com sistemas Android e iOS, o usuário poderá conhecer cafeterias de alto padrão. A The Coffe Match também permite que os empresários do café ofereçam cursos e eventos sobre o setor. Amei o aplicativo. Sou a Coffee lover #7000 na maior comunidade de amantes de cafés do Brasil!

Café pode estimular ‘gordura boa’ e ajudar na perda de peso

“Acostumados que estamos às notícias sobre os males que o consumo de gordura e café podem causar, algumas descobertas científicas recentes sobre o controle de peso: a primeira, que existe um tipo de gordura no corpo que, quanto mais, melhor; a segunda, que tomar café pode ser benéfico ao ajudar essa gordura a entrar em ação, contribuindo para a perda de peso – para alguns pesquisadores, uma aposta no combate à obesidade”.  Mariana Alvim – @marianaalvim  BBC News Brasil em São Paulo. Leia a reportagem completa AQUI

Campo e Negócios

Área explorada com produção dos Cafés do Brasil ocupa 1,84 milhão de hectares em 2019. Safra de 50,92 milhões de sacas será colhida em área que representa apenas 0,71% das terras exploradas com atividades agrícolas do território nacional. Leia. AQUI 

24 jun 2019

Estudo aponta relação entre falta de perdão e enfarte

Cristiano Felix

A dificuldade de perdoar pode afetar a saúde do coração? Uma pesquisa apresentada no 40.º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo  ( 20 a 22 de junho) apontou uma relação significativa entre a falta de perdão e a ocorrência de enfarte agudo do miocárdio. O estudo foi realizado de 2016 a 2018 pela experiente psicanalista Suzana Avezum,  durante um mestrado na Universidade Santo Amaro.

No estudo, 130 pacientes responderam a dois questionários elaborados pela psicanalista – um para avaliar a disposição para o perdão e outro sobre espiritualidade e religiosidade – algo que, segundo Suzana, interfere na disposição para perdoar. “Encontrei mais ocorrência de enfarte entre aqueles que têm dificuldade do perdão”, afirma a pesquisadora em entrevista para o jornal Estado de São Paulo.

O estudo mostrou ainda que, entre quem enfartou, 31% afirmaram ter tido perda significativa da fé. Entre quem não teve, o índice foi de 9%.

Cristiano Felix, 45 anos, vendedor, ficou 22 dias internado em um hospital conveniado ao Sistema Único de Saúde (SUS), em Belo Horizonte. Ele sentia muita falta de ar, dor no corpo, cansaço e tosse. “Pensei que fosse bronquite, mas descobri que sou cardíaco e tenho apenas 20% da capacidade do meu coração. A vida me ofereceu uma nova chance. Pensei que fosse morrer. No entanto, ainda não consigo aceitar todas as restrições da doença”,  esclarece Cristiano.

O vendedor confessa que sempre teve dificuldades de perdoar. “Sou muito grato pela nova chance de viver, mas ainda não estou preparado para perdoar algumas pessoas que me feriram muito. Sei que o perdão é liberado pelo coração, mas não adianta perdoar da boca para fora”.

A PESQUISA (Reportagem Jornal Estadão)

Amostra. O estudo avaliou 65 pacientes sem histórico de doença cardiovascular e 65 que enfartaram. As maiores diferenças entre os resultados foram observadas nos quesitos “quebra de confiança” e “rejeição/desprezo”.

Resultados. No primeiro caso, 65% dos que tiveram um enfarte afirmaram que não estavam dispostos a perdoar. O índice foi de 35% no outro grupo. No segundo caso, 54% dos que enfartaram disseram que perdoariam. O porcentual sobe para 72% entre quem não enfartou.

Padrão. A população estudada seguiu o padrão de pacientes com doença cardiovascular: a maioria era homem (42 ante 23 mulheres por grupo), entre 60 e 65 anos.

5  DICAS PARA VIVER O PERDÃO  (Canção Nova)
No exercício do perdão e do pedido de perdão, cinco gotas são de fundamental importância:

1. Reconhecer que fomos ofendidos ou que ofendemos.

2. Tomar a decisão de perdoar e de pedir perdão, apesar dos sentimentos ou dos desejos.

3. Expressar o perdão por meio de palavras faladas ou por escrito.

4. Tomar a decisão de não comentar os erros da pessoa nem o fato que provocou a ofensa.

5. Permitir que Deus mude nossos sentimentos e cure nossas emoções negativas.

Padre Léo, scj

(Extraído do livro “Gotas de cura interior”)

Página 1 de 3412345... 34Próximo