12 fev 2020

Hospital Paulo de Tarso é pioneiro com instalação de usina solar

Por Raquel Gontijo, jornalista. Em dezembro do ano passado, o Hospital Paulo de Tarso – Hospital de Transição, tornou-se o primeiro hospital de Belo Horizonte a implementar uma usina fotovoltaica que garante a produção de 100% da sua demanda energética, sendo ainda a de maior capacidade instalada em todo Estado de Minas Gerais. Outras inovações foram a troca do sistema de iluminação que agora possui 100% das lâmpadas com a tecnologia em LED, e a instalação de um sistema de aquecimento solar com apoio a gás.

De acordo com a Gerente de Operações do hospital, Daylane Sales, as novas instalações têm como principal objetivo promover sustentabilidade de negócios com gestão ambiental e social. Através da iniciativa, o hospital passa a ser uma instituição geradora de energia limpa e renovável, tornando-se sustentável e redutora de emissão de CO2 na atmosfera. A gerente destaca ainda que a produção própria da energia reduz significativamente o custo com a compra de energia elétrica.

Segundo o hospital, a implantação da nova infraestrutura é uma iniciativa da alta Direção do HPT. O financiamento do investimento foi viabilizado através de uma linha de crédito especial captada junto ao Sicoob – Credicom. Ainda foram realizados estudos de rentabilidade econômica e fluxo de caixa do projeto. Até o primeiro semestre de 2020, já estão provisionados mais de R$ 3 milhões de reais para outras melhorias.

A usina fotovoltaica implantada no Paulo de Tarso ocupa uma área total de 800m² distribuída em 396 painéis. “O sistema é todo monitorado remotamente, onde o acompanhamento da produção da geração de energia é diariamente monitorado pela equipe de Manutenção do HPT e da equipe de engenheiros da empresa responsável pela instalação da usina. A usina está em produção máxima e atinge todos os patamares projetados”, declara a gerente.

De acordo com a instituição, o tempo de instalação da infraestrutura teve a duração de 08 meses. As etapas incluíam fase de estudo da proposta; elaboração da viabilidade do projeto; aprovação de projeto junto a CEMIG; obras de adequação de infraestrutura; e instalação das placas fotovoltaicas e da usina, concluído em dezembro de 2019.

Dr. Carlos Eduardo Costa, Presidente do Paulo de Tarso e André Novais, Diretor da Broenergy

Mais qualidade para a assistência

A sustentabilidade ambiental e econômica alcançada pelo hospital através da nova infraestrutura impacta de forma positiva também no atendimento aos pacientes. O Gerente de Controladoria do hospital, Carlos Manoel, afirma que, “a economia gerada para o Hospital é diretamente investida na melhoria contínua a pacientes e acompanhantes. O que antes era pago a Cemig volta em benefício e em prol do paciente, com melhorias no atendimento e na estrutura hospitalar”.

Outra mudança anunciada pelo hospital é que está previsto para o HPT tornar-se uma das primeiras instituições 100% digital do Brasil, migrando para característica de “hospital sem papel”, com todos os seus colaboradores obtendo certificados eletrônicos para assinatura. Assegurado pela legislação, a assinatura eletrônica serve para assinar qualquer documento eletrônico e tem validade jurídica inquestionável, o que garante a segurança da autenticidade do documento e resguarda a quanto a violação e ou adulteração de documentos.

O gerente declara que com assinatura digital, “eliminamos o uso de papel; processo manual de coleta de assinaturas; a guarda física e descarte de documentos; diminuição dos custos de emissão; simplificando processos e ganhos de agilidade no negócio e na formalização de documentos”.

Além disso, vantagens como segurança, economia de tempo, eficiência no fluxo de trabalho e facilidade de rastreabilidade de documentos; são benefícios que voltam para a assistência. Os impactos positivos transformam-se em redução de tempo, que voltam para o cuidado ao paciente, e a redução de custos volta em forma de melhorias em estruturas, equipamentos e capacitação técnica dos funcionários.

12 jul 2019

Rock in Rio e Natura juntos por um mundo melhor

Arquivado em Cidade, Comportamento

O Rock in Rio será nos dias 27 a 29 de setembro e  3 a 6 de outubro de 2019, na Cidade do Rock (Parque Olímpico, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro) e contará com o apoio da Natura. O público será convidado a participar como protagonista da construção de um futuro melhor em uma nova atração no maior festival de música e entretenimento do mundo – a expectativa é receber cerca de 700 mil pessoas durante os sete dias de evento.

O festival, que surgiu em 1985 e está indo para a 20ª edição, tem entre suas diretrizes ajudar a transformar o planeta não só por meio da música, mas também por causas sociais, ambientais e culturais, com o projeto Por um Mundo Melhor. “Nove milhões de pessoas já passaram pela Cidade do Rock e 1 bilhão de pessoas já assistiram às transmissões das 19 edições. No Rock in Rio, temos um embrião do que pode ser um mundo melhor. Com a parceria com a Natura, queremos ampliar a potência dessa visão com nosso público”, afirma Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio.

Impacto positivo

A Natura é referência em projetos de impacto positivo nas esferas econômica, social, ambiental e cultural e tem suas atividades certificadas e reconhecidas por diversos selos e organizações internacionais, como o B Corp (rede global de empresas de impacto positivo) e o UEBT (spin off da ONU que certifica cadeia produtiva). Para a vice-presidente de marketing, inovação e sustentabilidade, Andrea Alvares, a parceria aproxima a marca do público jovem. “Natura é parte de um grupo global movido por propósito e impacto positivo. Por isso, queremos ecoar nosso discurso em plataformas massivas, engajadoras e relevantes como o Rock in Rio”, explica a executiva.

Em 2016, o Rock in Rio anunciou o Amazônia Live, projeto que já garantiu mais de 73 milhões de árvores para a Amazônia, o que reforça a importância das florestas para o equilíbrio climático mundial e o aponta como tema para todas as edições do evento, pelo menos até 2019. O Rock in Rio também desenvolve um plano de sustentabilidade em que são definidas medidas para a redução de emissões e inclui uma correta gestão de resíduos, eficiência energética, compensação de emissões e correto consumo de recursos, entre outros. Esse plano vem sendo aperfeiçoado a cada edição e é utilizado até hoje em todos os países que recebem o Rock in Rio.

O line-up

Entre as atrações confirmadas para o festival estão os headliners IRON MAIDEN, P!nk, Muse e Imagine Dragons. Os brasileiros Os Paralamas do Sucesso e Anitta também já garantiram participações em um dos palcos. Vale conferir a agenda atualizada no site do Rock in Rio e já se programar!

08 jul 2019

Você conhece os benefícios da MPN, Música Popular Nutritiva?

Reprodução Youtube

Inovando nas áreas da nutrição, educação, comunicação, música e saúde coletiva,  a nutricionista Tânia Bicalho criou a MPN – Música Popular Nutritiva com objetivo de promover a saúde, prevenir doenças e valorizar a “comida de verdade” de forma lúdica. Para tanto, utiliza músicas de sua autoria e paródias compostas também por ela. Todas as músicas do MPN foram disponibilizadas, neste julho de 2019, no Spotify, Deezer e YouTube, para que maior número de pessoas tenham acesso a informações sobre alimentação saudável, informalmente.

O público da MPN é vasto, alcançando grávidas, crianças, adolescentes, jovens, adultos, trabalhadores e idosos. Para cada faixa etária Tânia utiliza ritmos e formas diferentes de abordar temas relacionados à promoção da saúde.

Sustentabilidade e segurança alimentar são extremamente valorizadas neste trabalho, pois Tânia tem imensa preocupação com os problemas sócio ambientais que o Brasil enfrenta. Por este motivo aprofundou seus estudos e especializou-se em Docência da educação ambiental para a cidadania e sustentabilidade.

Em 2015, em pareceria com a Lei Murilo Mendes de Incentivo a Cultura, através do Projeto Nutrisom, Escolas Municipais e Estaduais, de Juiz de Fora, MG, receberam a MPN – Música Popular Nutritiva, através de palestras-show realizadas pela artista/musicoterapeuta/nutricionista.

Atualmente, Tânia Bicalho faz palestras-show com sua MPN Brasil afora, em empresas (SIPAT) , escolas públicas e particulares, universidades (federais e particulares) para gestantes, crianças, jovens, trabalhadores, estudantes de todos os níveis de escolaridade e idosos.

Suas palestras abordam vários temas, como nutrição sustentável, importância da alimentação equilibrada, reaproveitamento de alimentos, saúde ambiental, diversidades e escolhas alimentares, alimentação e criatividade, alimentação em tempos de crise, empreendedorismo e nutrição, alimentação e resiliência, alimentos que previnem doenças, higienização correta dos alimentos, microbiologia, saúde e bem estar do trabalhador dentre outros.

Página 1 de 212