22 maio 2020

Quais os problemas provocados pelas disfunções da tireóide?

Arquivado em saúde

Getty Images

Cerca de 15% dos brasileiros têm alguma disfunção na tireoide, principalmente, afetando as mulheres. A glândula fica na frente do pescoço e produz os hormônios responsáveis pelo metabolismo do corpo humano, influenciando os batimentos cardíacos, memória, sono, humor e até o bom ou mal funcionamento intestinal. Já, as disfunções podem provocar sintomas discretos e confundidos com outras doenças, gerando sérias consequências ao organismo.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Minas Gerais (SBEM-MG) – alerta para a importância da glândula e a necessidade do tratamento, quando necessário.  Entrevistei, por e-mail, o Presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Minas Gerais (SBEM-MG) – Adauto Versiani. Confira. É bem esclarecedor:

1. É mito ou verdade que as alterações na tireoide provocam a perda de peso ou o aumento de peso?

É verdade. O hipotireoidismo, que determina um metabolismo mais lento no organismo, pode promover retenção hídrica e, consequentemente, um ganho de peso. Já o hipertireoidismo, que ocasiona um metabolismo acelerado de todas as células do corpo, aumenta a demanda de energia, liberando caloria e, consequentemente, proporcionando um emagrecimento.

2. Os distúrbios na tireoide podem ser considerados genéticos?

Sim, há possibilidade de uma origem genética. Quem tem história familiar de hipo ou hipertireoidismo, tem uma maior chance que os filhos tenham a doença. Nos casos de três parentes de primeiro grau com câncer de tireoide, podemos afirmar que o câncer de tireoide é familiar, de origem genética. Então, quem tem histórico de anticorpo contra a tireoide, pode ter uma tendência maior a ter hipo ou hipertireoidismo. Existem históricos familiares de câncer medular da tireóide devido a uma mutação que é transmitida para os filhos de maneira autossômica dominante, ou seja, pelo menos metade dos filhos pode receber essa alteração genética.

3. Distúrbios na tireoide podem interferir na saúde mental do paciente? Como?

Realmente, podem interferir. O hipotireoidismo pode levar a lentidão, sonolência, tristeza e pode exacerbar um quadro de depressão ou dificultar o tratamento de uma depressão já existente. O hipertireoidismo também pode interferir na saúde mental, causando uma agitação psicomotora e desencadeando quadros de surto psicótico, interferindo no bem-estar do paciente.

4. Por que as mulheres sofrem mais com os distúrbios da tireoide?

As mulheres, de uma maneira geral, têm 3 a 5 vezes mais chances de ter alterações na função tireoidiana. Não se sabe o mecanismo ao certo, mas pode ter alguma relação com a produção de estrogênio.

5. Crianças podem sofrer com distúrbios na tireoide?

Infelizmente, as crianças não estão salvas das disfunções da tireoide. É muito comum uma criança ter hipotireoidismo ou hipertireoidismo. Existem até casos de câncer de tireoide em crianças, mas não com a mesma frequência que nos adultos. Por isso, é fundamental fazer o “Teste do Pezinho” no recém-nascido. Este exame é capaz de detectar o “hipotireoidismo congênito”, uma emergência pediátrica causada pela incapacidade da glândula tireoide do recém-nascido em produzir quantidades adequadas de hormônios tireoidianos, que resulta numa redução generalizada dos processos metabólicos. As crianças, não tratadas precocemente, terão o crescimento e o desenvolvimento mental seriamente comprometidos. Portanto, é muito importante fazer o “Teste do Pezinho” no nascimento e, ao longo dos anos, em caso de sintomatologia atípica das crianças, avaliar com o pediatra ou com o endocrinologista a possibilidade de ter doenças da tireoide associadas.

6. Como é feito o tratamento? É apenas por meio de medicamentos?

O tratamento do hipotireoidismo se faz com a reposição do hormônio tireoidiano que é a levotiroxina. Já o tratamento do hipertireoidismo pode ser feito com o uso de drogas que diminuem a função tireoidiana (remédios antitireoidianos), com o iodo radioativo ou com cirurgia. Não existe nenhum tipo de alteração na alimentação ou na atividade física que favoreça ou que auxilie em nenhum desses tratamentos.

Existem situações comportamentais que podem agravar o hipertireoidismo, como o hábito de fumar. Quem sofre desta disfunção e fuma tem mais chances de ter, por exemplo, a Oftalmopatia de Graves. O anticorpo que ataca a tireoide, também ataca o músculo retro orbicular, causando um deslocamento do globo ocular para frente.

7. Como identificar um câncer na tireoide?

A maneira mais simples de identificar o câncer de tireoide é que, durante uma consulta médica, o profissional palpe a tireoide – glândula que fica na parte dianteira do pescoço. Caso ele note alguma alteração na topografia, isso deve ser investigado com ultrassom para confirmação ou pedir uma avaliação com um endocrinologista. Não é recomendado o “ultrassom de rotina”, porque podem ser detectados nódulos muito pequenos que, talvez, não teriam nenhum significado clínico. O paciente também pode ficar atento e solicitar que o médico realize a palpação na tireoide. Quanto mais cedo descobrir a disfunção, melhor será para a pessoa.

25 set 2019

Cabelos: tecnologia permite tratamento dos fios porosos

Arquivado em Beleza, cabelo, Comportamento

Se você já procurou o salão de beleza para tratar o cabelo, em algum momento deve ter ouvido que os fios podem ficar porosos. Porém, muito além do aspecto tátil – de passar a mão e senti-los ásperos –, a porosidade interna faz com que eles fiquem mais fragilizados e, consequentemente, propensos à quebra, ao surgimento de frizz, pontas duplas, entre outros danos.

Por isso, para desenvolver Natura Lumina e seus sistemas de tratamento de alta performance, recorremos à microtomografia de raios x, uma técnica similar àquela utilizada para exames médicos e que permite uma análise profunda da porosidade dos fios e dos microporos do córtex.

A partir desse diagnóstico inédito, foi possível identificar as necessidades específicas para cada tipo de cabelo, seja seco, quimicamente danificado, liso, cacheado ou crespo.

Como a tecnologia de Lumina atua na fibra capilar?

Quando um cabelo está profundamente danificado significa que a agressão ultrapassou a cutícula, parte externa do fio, que o protege de agentes ambientais, químicos e térmicos. Nesse ponto, os danos chegam ao córtex, parte interna e onde estão as fibras de queratina capazes de manter os cabelos saudáveis e fortes.

Ao perder essa massa de proteína, os fios ficam cada vez mais leves e desalinhados”, explica Carla Scanavez, do nosso time de Inovação e Tecnologia. A olho nu, ela acrescenta que “a porosidade interna também se mostra nas características que mais valorizamos, como o brilho.”

Nesse momento, o tratamento tem que ser certeiro para reparar os fios. Foi então que mais uma vez a microtomografia de raios x foi utilizada e comprovou os resultados da utilização da Biotecnologia Pró-Teia, uma tecnologia inédita de reparação.

Conseguimos quantificar a porosidade e ver como a Biotecnologia Pró-Teia, que consegue chegar ao córtex, trata e preenche esses poros, repondo a proteína na medida exata que o cabelo precisa”, afirma ela. Sem truques!

A linha completa de Natura Lumina está disponível no site Natura.

09 jul 2019

Marca que criou sorvete para pacientes com câncer disponibiliza produto em BH

Uma notícia quente para aquecer o dia de pessoas em tratamento contra o câncer: a partir do final de julho, os sorvetes da marca YPY estarão disponíveis em uma rede de distribuição especializada em Belo Horizonte. O produto é referência em inovação e saúde no segmento de gelados, por não incluir corantes artificiais, glúten, gordura trans, além de conter açúcar orgânico na preparação do sorvete.

Divulgação

Segundo Marcelo Kuerten Baracuhy, sócio diretor de desenvolvimento, “a YPY é focada em ciência, saúde e alimentação, em parceria com o Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina. O produto oferece um suporte nutricional na forma de sorvete, atendendo a demanda de médicos e nutricionistas”.

A fábrica da empresa está localizada na Ilha de Santa Catarina, e a procura pelos seus produtos é cada vez maior. Há pouco tempo, a YPY entrou no mercado de São Paulo, mas já está, além de Santa Catarina, no Rio Grande do Sul e no Paraná e planeja expandir sua participação para outros estados, como Minas Gerais.

O mercado de sorvetes cresceu quase 80% nos últimos dez anos no Brasil, colocando o país na quarta posição, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão, de acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ABIS).

 

Entrevista com Elizangela Camargo Rodrigues – Nutricionista

Qual a matéria prima do sorvete? Qual a base do sorvete?
É um produto desenvolvido à base de polidextrose, whey protein isolado, azeite de oliva, açúcar orgânico, dextrose e glicose. Importante salientar que é fonte de proteína e fibras com baixo teor de gordura e livre de corantes artificiais.

Quais os sabores disponíveis?
Morango, Limão e Chocolate

Qual a principal indicação terapêutica do sorvete?
Complementação alimentar em diversas situações clínicas, em especial para pacientes em tratamento oncológico ou pessoas com necessidade de proteínas.

Por que o sorvete pode ajudar na recuperação da saúde?
Porque ele oferece proteínas de alto valor biológico, que são mais facilmente absorvidas pelo organismo e amenizam a perda de tecido muscular em pacientes debilitados. Além disso, a presença de fibras auxilia no bom funcionamento intestinal. Por ser gelado, alivia enjoos e reduz o desconforto causado pela mucosite (feridas na boca).

Como a pessoa pode adquirir o produto?
O produto precisa manter uma temperatura constante não superior a -18ºC desde a saída na fábrica em Florianópolis até o consumo. Diante disso, trabalhamos para montar uma rede de distribuição especializada. Quanto estruturada, as pessoas podem adquirir este produto em supermercados, farmácias e pontos de venda.

Quando será o lançamento em Belo Horizonte?
Estamos trabalhando fortemente para que a rede de distribuição esteja montada e possa disponibilizar este produto até o final do mês de julho.

Página 1 de 3123