09 jul 2019

Marca que criou sorvete para pacientes com câncer disponibiliza produto em BH

Uma notícia quente para aquecer o dia de pessoas em tratamento contra o câncer: a partir do final de julho, os sorvetes da marca YPY estarão disponíveis em uma rede de distribuição especializada em Belo Horizonte. O produto é referência em inovação e saúde no segmento de gelados, por não incluir corantes artificiais, glúten, gordura trans, além de conter açúcar orgânico na preparação do sorvete.

Divulgação

Segundo Marcelo Kuerten Baracuhy, sócio diretor de desenvolvimento, “a YPY é focada em ciência, saúde e alimentação, em parceria com o Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina. O produto oferece um suporte nutricional na forma de sorvete, atendendo a demanda de médicos e nutricionistas”.

A fábrica da empresa está localizada na Ilha de Santa Catarina, e a procura pelos seus produtos é cada vez maior. Há pouco tempo, a YPY entrou no mercado de São Paulo, mas já está, além de Santa Catarina, no Rio Grande do Sul e no Paraná e planeja expandir sua participação para outros estados, como Minas Gerais.

O mercado de sorvetes cresceu quase 80% nos últimos dez anos no Brasil, colocando o país na quarta posição, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão, de acordo com dados da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (ABIS).

 

Entrevista com Elizangela Camargo Rodrigues – Nutricionista

Qual a matéria prima do sorvete? Qual a base do sorvete?
É um produto desenvolvido à base de polidextrose, whey protein isolado, azeite de oliva, açúcar orgânico, dextrose e glicose. Importante salientar que é fonte de proteína e fibras com baixo teor de gordura e livre de corantes artificiais.

Quais os sabores disponíveis?
Morango, Limão e Chocolate

Qual a principal indicação terapêutica do sorvete?
Complementação alimentar em diversas situações clínicas, em especial para pacientes em tratamento oncológico ou pessoas com necessidade de proteínas.

Por que o sorvete pode ajudar na recuperação da saúde?
Porque ele oferece proteínas de alto valor biológico, que são mais facilmente absorvidas pelo organismo e amenizam a perda de tecido muscular em pacientes debilitados. Além disso, a presença de fibras auxilia no bom funcionamento intestinal. Por ser gelado, alivia enjoos e reduz o desconforto causado pela mucosite (feridas na boca).

Como a pessoa pode adquirir o produto?
O produto precisa manter uma temperatura constante não superior a -18ºC desde a saída na fábrica em Florianópolis até o consumo. Diante disso, trabalhamos para montar uma rede de distribuição especializada. Quanto estruturada, as pessoas podem adquirir este produto em supermercados, farmácias e pontos de venda.

Quando será o lançamento em Belo Horizonte?
Estamos trabalhando fortemente para que a rede de distribuição esteja montada e possa disponibilizar este produto até o final do mês de julho.