03 jun 2015

Cachorro adotado defende tutora de assalto

Arquivado em Animais, Cidade, Comportamento

foto cão

Amanda Prado é uma jovem senhora de 18 anos. Ela é casada e tem um lindo bebê de 1 ano e 9 meses, dois cachorros e um gato. Zico, um vira-lata de 5 anos e a gatinha Catatau foram adotados na ONG Cão Viver. A família mora no bairro Nacional, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.

Hoje (3/06), por volta das 11 horas, em torno de um comércio do bairro, Amanda passou por um sufoco. Ela foi rendida por um senhor que exigiu dinheiro. Como ela negou, já que a garota não tem o costume de andar com dinheiro na bolsa, o homem contrariado pegou uma faca e ameaçou Amanda.

Quando ele segurou o braço dela, Zico, o cão vira-lata adotado por ela apareceu do nada e mordeu o agressor. O resto da história, vou deixar para Amanda dizer. Conversamos pelo Facebook, depois que eu li um depoimento emocionado da Amanda na Comunidade SOS BICHOS MINAS GERAIS 

“Eu só vi um cachorro voando em cima do cara e mordendo. Foi quando eu consegui sair, quando olhei, era meu amigo, meu filho, que surgiu não sei de onde e como. Descobri depois, que deixamos (ela e o marido) o portão aberto e ele fugiu e não percebemos, e depois ele no seguiu, de carro, ele correu atrás, não fomos muito longe dois quarteirões de casa. Acho que ele já estava num canto vigiando”

“Felizmente o senhor não teve nada grave foi para hospital com o braço e a mão bem machucada, claro foi detido. Eu nunca imaginei que um cachorro sempre ao nosso lado pode ser um herói, agora o que passou na cabeça dele para fugir, eu não faço ideia, mas sei que se não fosse por ele não sei o que teria acontecido”

“A raça dele é a mais linda de todas, a raça que ama, independente de qualquer coisa. Meu vira lata Zico. Ele tem muito ciúmes de mim nenhum cachorro pode chegar perto, mas de gente eu não sabia..”