Facebook Twitter Youtube Google+ Image Map
26 jun 2019

Você é um coffee lover? Então seja bem vind@!

Arquivado em Comportamento

Tomar um cafezinho quente e amargo, logo pela manhã, me deixa pronta para os desafios durante o dia. É bom demais da conta! Mas melhor ainda é saber que o café produzido em Minas Gerais é reconhecido em todo planeta pela qualidade dos grãos. Somos apreciados e premiados. Preciso dizer: sou uma coffee love. Na verdade, nós brasileiros amamos a bebida. Segundo estimativas, 97% dos brasileiros tem o costume de consumir o café em algum momento do dia.  O país é o segundo maior consumidor da bebida, perdendo apenas para os Estados Unidos.

Fique ligad@!

Minas Gerais premiada na França

😊 Bacana demais! A mineira Daniela Capuano foi premiada na França e recebeu uma medalha das mãos de Emmanuel Macron. Ela é torradora café e fez parte do seleto grupo dos “230 profissões consideradas artesanais”.

Fonte: Revista Expresso Viver de Café

Prêmio

No pequeno município de Cristina, no Sul de Minas Gerais, se encontra a fazenda de Sebastião Afonso da Silva, produtor responsável por bater o recorde de pontuação no Cup of Excellence, principal concurso internacional da qualidade dos cafés.

Recorde

O Brasil é o maior produtor mundial de café. Em maio, foram 3,5 milhões de sacas, segundo dados do Conselho dos Exportadores de Café (Cecafé).

Turismo impulsiona café especial na Serra da Mantiqueira em Minas Gerais

“Pela Rota do Café Especial é possível ainda sobrevoar a área por meio de balões, que decolam da Fazenda Sertão, em cima do terreiro de café. As cenas da Serra da Mantiqueira, quadriculada ora por cafezais, neblina e uma exuberante floresta são belíssimas. E o balão, muitas vezes, desce em uma fazenda de café. A reportagem da Globo Rural fez o passeio e pousou na Fazenda Água Limpa, em Cristina, cidade que ganhou esse nome em homenagem à princesa Isabel, que já se hospedara por essas paragens. “Depende muito do vento, mas o balão já parou aqui quatro vezes”, diz o fazendeiro Jorge Makssur, cuja família planta café há mais de 80 anos. A fazenda produz mais café popular vendido no Brasil, mas tem uma pequena produção de café especial. A propriedade, no entanto, ainda não faz parte do projeto da Rota do Café Especial”. Leia a reportagem completa  AQUI  

Semana Internacional do Café. Expominas. Belo Horizonte

A Semana Internacional do Café (20 a 22 de novembro) é um encontro de cafeicultores, torrefadores, classificadores, exportadores, compradores, fornecedores, empresários, baristas, proprietários de cafeterias e apreciadores.

O evento acontece na capital do maior Estado produtor do Brasil – Belo Horizonte – e apresenta diversas ações a milhares de profissionais do mundo focadas nas áreas de Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação e Negócios & Empreendedorismo.

Aplicativo

The Coffee Match: primeira plataforma de relacionamento digital para aproximar o mercado de café e os coffee lovers (pessoas que buscam cafés especiais de alta qualidade). Ao acessar o aplicativo, disponível para dispositivos com sistemas Android e iOS, o usuário poderá conhecer cafeterias de alto padrão. A The Coffe Match também permite que os empresários do café ofereçam cursos e eventos sobre o setor. Amei o aplicativo. Sou a Coffee lover #7000 na maior comunidade de amantes de cafés do Brasil!

Café pode estimular ‘gordura boa’ e ajudar na perda de peso

“Acostumados que estamos às notícias sobre os males que o consumo de gordura e café podem causar, algumas descobertas científicas recentes sobre o controle de peso: a primeira, que existe um tipo de gordura no corpo que, quanto mais, melhor; a segunda, que tomar café pode ser benéfico ao ajudar essa gordura a entrar em ação, contribuindo para a perda de peso – para alguns pesquisadores, uma aposta no combate à obesidade”.  Mariana Alvim – @marianaalvim  BBC News Brasil em São Paulo. Leia a reportagem completa AQUI

Campo e Negócios

Área explorada com produção dos Cafés do Brasil ocupa 1,84 milhão de hectares em 2019. Safra de 50,92 milhões de sacas será colhida em área que representa apenas 0,71% das terras exploradas com atividades agrícolas do território nacional. Leia. AQUI 

Você deve estar logado para comentar.